CATEGORIA: Notícia

Uma mulher de 41 anos denuncia que foi amarrada pelo marido com um fio e agredida várias vezes, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. O suspeito, um tatuador de 41 anos, conseguiu fugir.

Segundo a vítima, na noite de quinta-feira (11), ela teve uma discussão com o marido, com quem tem um relacionamento há seis anos, e o homem a amarrou com um fio. A mulher passou a madrugada sendo agredida e ameaçada de morte.

“Ela estava visivelmente bastante machucada, o laudo do exame de corpo de delito deu várias lesões que ela sofreu e ela contou todo horror que ela passou nessa noite com esse autor”, disse a delegada Isabella Joy.

Na sexta-feira (12) pela manhã, a mulher pediu para ser solta para preparar o almoço do casal. Nesse momento, conseguiu pular a janela e fugir, pedindo ajuda a vizinhos. Ainda na rua, a vítima foi agredida novamente, mas ela conseguiu revidar e o homem fugiu.

Os moradores da região chamaram a Polícia Militar, mas o suspeito não foi localizado.

G1 Goiás

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) aponta que Anápolis possui seis casos em investigação de varíola dos macacos (Monkeypox). O documento foi emitido pela SES-GO na última sexta (12) e ainda informa que Goiás possui 60 casos confirmados da doença.

Destes confirmados, 46 são moradores de Goiânia. Há, ainda, sete casos em Aparecida de Goiânia. Municípios com um caso são: Águas Lindas de Goiás, Inhumas, Itaberaí e Luziânia e Valparaíso de Goiás e Cidade Ocidental.

Apenas Chapadão do Céu, Jaraguá, Mineiros e Rio Verde não notificaram casos suspeitos de varíola dos macacos. Segundo a pasta, há outros 246 casos suspeitos no Estado.

Em Anápolis, o atendimento especializado é feito no Hospital Estadual de Urgências Dr. Henrique Santillo (Heana). Inicialmente serão sete hospitais estaduais distribuídos em todo Estado para atendimento de casos suspeitos: HDT, HECAD, HEMAP, SANTA HELENA, JATAI, HEANA, URUAÇU.

Modo de transmissão segundo a SES:

Através de contato próximo com pessoa infectada (lesões de pele ou mucosa de pessoas infectadas, secreções respiratórias, contatos íntimos (beijos, abraços e contato pele com pele) e/ou por materiais e objetos contaminados).

Medidas de prevenção:

  • Através de contato próximo com pessoa infectada (lesões de pele ou mucosa de pessoas infectadas, secreções respiratórias, contatos íntimos (beijos, abraços e contato pele com pele) e/ou por materiais e objetos contaminados).
  • Evitar contatos próximos com pessoas com suspeita ou confirmadas de Monkeypox;  – Evitar contato íntimo (beijar, abraçar e contato pele com pele com pessoas com lesões/feridas) na pele;
  • Usar máscara em ambientes (abertos/fechados) com aglomeração de pessoas;
  • Não compartilhar objetos pessoais: toalhas, roupas de cama, copos, objetos sexuais e outros.

Por Mais Goiás

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Um empresário de 41 anos morreu ao ser atingido por uma pá carregadeira enquanto trabalhava, em Bom Jardim de Goiás, no oeste do estado. De acordo com o relato da Polícia Militar, Leonardo Quirino de Freitas estava junto a outras pessoas tentando apagar um incêndio fazendo um aceiro, quando foi atropelado pela máquina.

O caso aconteceu na sexta-feira (13), na zona rural do município. O sócio de Leonardo, Murilo Ribeiro, explicou que o incêndio acontecia no loteamento vizinho, próximo ao Rio Araguaia, e eles tentaram apagar o fogo para que não espalhasse.

Segundo a Polícia Militar, foi realizado um aceiro de aproximadamente 10 metros de largura. O registro policial explica que o homem foi atropelado em um momento em que havia muita fumaça no local, impedindo a visibilidade.

A polícia ainda explicou que os funcionários que estavam no local só viram que o corpo do empresário estava na pá carregadeira quando a máquina saiu da mata e chegou perto da estrada mais próxima.

Leonardo foi velado na manhã deste sábado (13), no município de Palmeiras, onde ele morava com a esposa e suas três filhas. Ele era empresário no ramo de construção.

Por G1 Goiás 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Má notícia para quem estava curtindo o frio logo no mês de agosto em Goiás: a previsão é de que as temperaturas voltem a subir a partir deste fim de semana. De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), o ar frio que avançou pelo Brasil nos últimos dias é de origem polar e já começou a perder a intensidade. E mais: na próxima semana os termômetros podem atingir até 36° C no estado.

O último boletim divulgado pelo Cimehgo registrou temperaturas abaixo dos 10° C em Goiás. Morrinhos foi a cidade mais fria, com 4,9°C. Já Rio Verde registrou 5°C. Mineiros e Bom Jesus de Goiás registraram 6,9°C.

Mínima recorde

Os termômetros em Goiânia marcaram 9,3ºC na madrugada da última quinta-feira (11). De acordo com André Amorim, gerente do Cimehgo, essa foi a menor temperatura registrada dos últimos 28 anos no mês de agosto. No dia 15 de agosto de 1994 a capital também marcou 9,3ºC.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail

Polícia Militar (PM) de Catalão recuperou uma moto que estava estacionada sem placa no bairro Nossa Senhora de Fátima. O caso ocorreu na manhã deste sábado (13).

Segundo a equipe do Tático Móvel do 18ª Batalhão, durante patrulhamento a motocicleta chamou atenção por estar sem identificação. Ao puxarem os dados do veículo no sistema constataram que o mesmo estava com registro de furto em Caldas Novas.

Caldas Novas fica a 120 km de Catalão. O veículo foi apreendido e levado para a Central de Flagrantes do município. Como a moto estava estacionada, não foi possível identificar o dono e ninguém foi preso.

Divulgação/PM

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Acidente

A Polícia Rodoviária Federal compareceu no km 280, no cruzamento da rodovia com a avenida José Marcelino para atender um acidente envolvendo um Fiat/Tipo placa de Minas Gerais.

A ocorrência se deu por volta de 03h40 do sábado (13) quando o condutor deslocava sentido Dimic para Catalão e colidiu na defensa metálica que existe ali.

No veículo estavam cinco pessoas, sendo que o condutor e dois passageiros evadiram do local.

As duas passageiras que permaneceram no local foram atendidas pela equipe de resgate da concessionária e foram encaminhadas para a Santa Casa de Catalão, ambas com lesões leves.

As passageiras informaram que não conheciam o condutor e que pegaram carona com ele após sairem de uma casa de shows.

A PRF irá fazer em desfavor, a princípio, ao proprietário do veículo um registro policial pelo crime devido a ter evadido do local de acidente com vítima para se eximir de responsabilidade.

No veículo foram encontradas garrafas de cerveja e ele foi encaminhado ao pátio credenciado por estar indevidamente licenciado.

Divulgação/PRF

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

A partir de 1º de setembro, os contribuintes com grandes dívidas com a Receita Federal poderão renegociar os débitos com até 70% de desconto. A Receita Federal publicou hoje (12) a portaria que aumentará os benefícios para quem quer parcelar até R$ 1,4 trilhão em dívidas tributárias que ainda não estão sob contestação judicial.

A portaria estendeu à Receita Federal a modalidade de renegociação chamada de transação tributária, mecanismo criado em 2020 para facilitar o parcelamento de dívidas de empresas afetadas pela pandemia da covid-19. Até agora, apenas a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), órgão que cobra na Justiça as dívidas com o governo, concedia essa possibilidade com regularidade. A Receita lançava negociações nesse modelo, mas em casos especiais.

A ampliação da transação tributária havia sido anunciada na terça-feira (9) pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento com empresários do setor de bares e restaurantes. Na ocasião, ele disse que setores como o comércio, o serviço e o de eventos teriam as mesmas facilidades para renegociarem débitos como outros segmentos afetados pela pandemia.

A extensão da transação tributária à Receita Federal foi autorizada pela Lei 14.375/2022, sancionada em junho pelo presidente Jair Bolsonaro. Com a portaria que regulamentou a lei, a Receita poderá lançar editais especiais de renegociação de dívidas e sugerir acordos com grandes devedores.

Mudanças

Para o público geral, o desconto máximo para a renegociação de dívidas aumentou de 50% para 65%, sendo que para empresas (de todos os tamanhos), microempreendedores individuais (MEI), micro e pequenas empresas do Simples Nacional e Santas Casas de Misericórdia, o desconto poderá ser de até 70%.

O prazo de parcelamento também foi ampliado. Para o público geral, passou de 84 meses (7 anos) para 120 meses (10 anos). Para empresas, MEI, micro e pequenas empresas do Simples Nacional e Santas Casas de Misericórdia, o prazo poderá estender-se por até 145 meses (12 anos e 1 mês). Apenas o parcelamento das contribuições sociais foi mantido em 60 meses porque o prazo é determinado pela Constituição.

Os devedores de impostos ainda não inscritos em dívida ativa poderão apresentar proposta individual de transação ao Fisco. Mesmo os que questionam o débito na esfera administrativa ou que tiveram decisão administrativa definitiva desfavorável.

Por enquanto, somente contribuintes que devam mais de R$ 10 milhões ao Fisco poderão apresentar a proposta individual a partir de setembro. Nas próximas semanas, a Receita deverá publicar um edital para a transação tributária de dívidas de pequeno valor.

A Receita definirá o tamanho dos benefícios conforme a capacidade de pagamento do contribuinte. Quem tiver mais dificuldades de pagamento terá descontos maiores e prazos mais longos.

Agência Brasil 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Um homem foi internado em estado grave ao ficar preso em um bueiro onde moradores de rua atearam fogo para se esquentarem do frio, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o homem foi encontrado com dificuldades respiratórias e encaminhado às pressas a um hospital da cidade.

O caso aconteceu na noite de quinta-feira (11), no centro de Anápolis. Como o homem não portava documentos, ele ainda não foi identificado. De acordo com a Polícia Militar, ele se encontra em situação de rua.

Ao g1, o Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HEANA) explicou que o homem está em estado grave e intubado.

A Polícia Militar detalhou que o bueiro em que o homem ficou preso exalava uma intensa fumaça tóxica, que foi provocada por um incêndio causado por moradores de rua que tentavam se esconder do frio no local.

“Nós acreditamos que eles acenderam algo para poder se esquentarem lá dentro, mas eles não esperavam que ia provocar a fumaça que provocou”, disse o tenente Lacerda.

Os bueiros são protegidos por grades de ferro que são chumbadas em concreto. Para resgatar o homem, a polícia militar precisou quebrar a estrutura e serrar algumas grades para abrir o espaço e liberar o caminho.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, como se tratava de um local de difícil acesso, a corporação levou cerca de duas horas para controlar o incêndio.

“Havia chamas lá dentro, então foi realizado o combate. Após o combate foi feita uma ventilação froçada para retirar toda a fumaça que ainda havia nesses dutos”, explicou o tenente Licurgo Borges.

G1 Goiás 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Valdivino Cordeiro dos Santos, autor de um atentado contra funcionários de uma corretora imobiliária e de um supermercado de Ipameri nesta sexta-feira (12), suicidou-se em frente a um órgão público minutos atrás. A informação é da Polícia Civil.

Pessoas que passaram pelo local viram o homem – ainda com vida – e acionaram a Polícia Militar. Quando os policiais chegaram para negociar uma eventual rendição, Valdivino atirou contra a própria cabeça.

O atentado em Ipameri

A Polícia Militar diz que Valdivino, de 62 anos, é o homem que ateou fogo à própria residência antes de atirar contra quatro pessoas na manhã desta sexta-feira (12), em Ipameri.

De acordo com a Polícia Militar, o homem, que passou horas foragido, estava em possível surto psicótico e armado com duas pistolas. Em razão disso, o capitão Wilson Martins Júnior, comandante da 40ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) da cidade, pediu mais cedo que comerciantes fechassem as portas e que a população evitasse sair de casa.

De acordo com o que já foi apurado, Valdivino ateou fogo na casa em que morava de aluguel, pouco depois das oito da manhã, e seguiu, armado, até a imobiliária responsável pela locação da residência, onde atirou em três funcionários. Um dos baleados morreu na hora.

Ao sair da imobiliária, o idoso abriu fogo contra clientes e funcionários de um supermercado que também fica no Centro da cidade. Uma funcionária foi ferida. Diante da gravidade dos ferimentos, ela precisou ser levada às pressas para Catalão, que fica a 60 quilômetros de Ipameri.

Policiais militares e civis de várias unidades passaram horas em busca do atirador, que, segundo a PM, tinha duas pistolas registradas em seu nome.

Por Mais Goiás 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail

Na manhã desta sexta-feira (12) a PRF apreendeu 397 kg de maconha e 5 kg de skunk, na rodovia BR 060, em Rio Verde, região sudoeste de Goiás, durante fiscalização de rotina.

Os policiais abordaram um caminhão-trator e solicitaram os documentos ao condutor, um homem de 36 anos, perguntando sobre o conteúdo que era transportado no interior do veículo. Diante desse questionamento, o homem disse que havia droga na cabine. Ademais, o motorista não possui habilitação.

Em razão da resposta, os policiais realizaram uma busca no compartimento de passageiros e perceberam que havia grande quantidade de maconha na área de descanso da cabine do caminhão.

O motorista afirmou que pegou o veículo com a droga em Alto Araguaia, no estado de Mato Grosso, e que a levaria para Goiânia. Pelo transporte, disse que receberia R$ 8 mil.

O homem foi conduzido para a Polícia Civil de Rio Verde e deve responder, em tese, pelo crime de tráfico de drogas, cujas penas variam de 5 a 15 anos de reclusão.

Divulgação/PRF 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

A festa foi prestigiada com a presença do governador Ronaldo Caiado e 33 prefeitos.O aniversário de 35 anos de idade de uma das personalidades públicas mais expressivas de Goiás, a prefeita Nárcia Kelly, de Bela Vista, foi comemorado nesta quarta-feira (10), a 13 km da cidade, na Cooperativa do Polvilho do Cará (Cooperabs).

“Foi nesta comunidade rural que nasci e fui criada. Foi aqui que comecei minha trajetória na vida pública, aos 19 anos, liderando uma cooperativa formada só por homens”, lembrou com orgulho Nárcia Kelly, que está no segundo mandato de prefeita.Em boa companhia O pré-candidato a deputado estadual Jamil Calife participou do aniversário acompanhado da esposa Paula Cristina Calife, do prefeito de Catalão, Adib Elias, e do presidente do PP de Goiás, Alexandre Baldy, pré-candidato a senador.

“Festejar mais um ano de vida de Nárcia Kelly, junto com sua família e seus amigos, e ao lado de tantas lideranças importantes de Goiás, é mesmo um privilégio, uma grande alegria”, comentou Jamil que vem recebendo o apoio da prefeita de Bela Vista na caminhada como pré-candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa de Goiás.*Orgulho para Goiás.

O governador Ronaldo Caiado não poupou elogios ao carisma e ao estilo dinâmico e arrojado da prefeita de Bela Vista. “Minha filha, você é uma vencedora porque acredita na força do trabalho com honestidade e transparência; enfrenta as adversidades. E com esse apoio que você tem de toda sua família e amigos, você vai ter ainda muito mais sucesso.

Você não sabe o quanto eu sou orgulhoso de governar um Estado que tem prefeitos e prefeitas com a sua capacidade e simpatia”, disse Caiado.

Nome que honra os goianos Na ocasião, o governador também expressou a admiração por Jamil Calife. “Durante a pandemia, Jamil disponibilizou, com recursos próprios, a montagem de um hospital em Porangatu, o que nos ajudou e muito a cuidar dos pacientes naquela região Norte do Estado” , lembrou Caiado.

O governador comentou também que Jamil é um nome que honra os goianos como pré-candidato a deputado estadual representando a região da estrada-de-ferro. Sobre Jamil Calife Jamil Sebba Calife tem 41 anos, é casado com Paula Cristina Calife e pai de três filhas. É pré-candidato a deputado estadual pela base aliada de Adib Elias. Jamil é filiado ao PP (Partido Progressistas), do ex-ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

É médico especializado em Psiquiatria e empresário das áreas médico-hospitalar e imobiliária. É a primeira vez que Jamil coloca seu nome para concorrer a um cargo eletivo.

Seu maior sonho: poder servir ao próximo, levando esperança e qualidade de vida às pessoas.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
SUBIR PÁGINA