CATEGORIA: Crac

O Crac que terá seus jogos mandados por hora no estádio Durval Ferreira Franco, em Ipameri, recebeu nesta quarta-feira (26), como complemento da 2ª rodada do segundo turno, a equipe do Iporá. O time catalano levou a melhor e venceu por 2 a 1, pulando para a sexta colocação.

Os três gols da partida foram todos marcados no segundo tempo. O Crac abriu o placar com Thiago Rômulo, aos 20 minutos. Otacildo empatou para o Iporá, mas o zagueiro Renato Silveira de cabeça garantiu os três pontos para o time mandante.

Com a vitória, o Crac pulou para a 6ª colocação com nove pontos. Enquanto o Iporá segue fora da zona de classificação, com sete pontos, estando na frente da Anapolina, primeiro da zona de rebaixamento.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Ainda pela impossibilidade de se utilizar o gramado do Estádio Genervino da Fonseca em Catalão severamente castigado pelas constantes e ininterruptas chuvas na cidade durante todo esse mês de fevereiro, os jogos Crac x Iporá nesta quarta-feira, dia 26/02/20, pela 1ª Rodada do 2º Turno da 1ª Fase e Crac x Aparecidense no domingo, dia 1º/03/20, pela 2ª Rodada do 2º Turno da 1ª Fase do Goianão 2020, ficam transferidos do citado Estádio para o Estádio Durval Ferreira Franco em Ipameri, ambos às 15h30. 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Com um dos menores públicos deste Goianão, a bola insistiu em não entrar no duelo atrasado entre Atlético e Crac, válido pela 5ª rodada da competição estadual. Mesmo com uma blitz do Dragão, principalmente na segunda metade da etapa final, o placar não saiu do zero no Estádio Olímpico, em noite inspirada do goleiro Bruno Fuso, que operou milagres na meta do Leão do Sul. Pelo lado rubro-negro, com muita mudanças, Jean estreou fazendo duas grandes defesas no primeiro tempo.

O mando da partida acabou sendo invertido a favor do Dragão, por conta das fortes chuvas que atingem o Estádio Genervino da Fonseca em Catalão. Com o resultado, o rubro-negro se mantém na vice-liderança com 13 pontos. Já a equipe do técnico Carlos Rabello cai para a 9ª colocação, com 6 pontos.

Fonte: Rádio 730

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Atlético Goianiense e Crac entram em campo hoje para “pagar” o jogo atrasado, ainda válido pela quinta rodada do Campeonato Goiano. Os clubes que tiveram a partida adiada naquela ocasião por conta da forte chuva na cidade de Catalão, sofreu uma nova alteração. A Federação Goiana de Futebol (FGF) confirmou a inversão de mando de campo na manhã de ontem, com isso, o duelo vai acontecer no estádio Olímpico, às 20h30 (horário de Brasília).

A mudança afetou diretamente a programação das duas equipes. O Crac que estava em Goiânia na última segunda, voltou para Catalão e consequentemente precisou retornar a capital para o jogo. O Atlético que viajaria ontem, evitou uma longa viagem e possíveis lesões por conta do péssimo estado que o gramado do estádio Genervino da Fonseca se encontra. Os ingressos começaram a ser comercializados ontem, com o valor de R$ 10 a meia-entrada, com duas timemanias, e R$ 20 a inteira.

“Com certeza [a inversão favoreceu o Atlético]. Nós vamos jogar em casa, mas temos que entrar com o mesmo foco como se fosse lá [Catalão]. Por ser em Goiânia nós nos favorecemos, e vamos buscar os três pontos”, destacou o atacante Ferrareis.

O treinador Cristovão Borges prepara três mudanças para essa partida. O meio-campista Jorginho está suspenso pelo terceiro amarelo e dará lugar a Matheus Vargas. O goleiro Kozlinski vai descansar, de acordo com o comandante do rubro-negro, e vai dar espaço para Jean, que fará a sua estreia, assim como o zagueiro Eder, que foi relacionado pela primeira vez no clássico contra o Goiás, mas que treinou no lugar de Oliveira e vai ser o companheiro de Gilvan na zaga.

“O futebol é muito difícil cravar uma coisa desse tipo [revezamento no elenco] antecipadamente. Não penso ainda assim, o que penso de momento é que tem jogadores que ainda não tiveram oportunidades, outros que jogaram pouco e tem atletas que jogaram todos os jogos. Nessa análise a gente acha o encaixe para que alguns joguem um pouco mais, outros possam estrear e quem atuou em todos, possam ser poupados, para que todo mundo tenha um nível muito bom, pois exigimos uma dinâmica muito alta e para isso todos precisam estar em uma condição boa”, ressaltou Cristovão Borges, treinador do Atlético.

O Crac não deve ter mudanças em sua equipe titular. O time de Catalão chega para o confronto após a derrota para o Vila Nova, na última segunda-feira, e soma apenas cinco pontos, em cinco partidas disputadas, ocupando o nono lugar. Em caso de vitória, o Crac pode chegar até a quinta posição.

Retrospecto

A história dos confrontos aponta o rubro-negro como franco favorito para o duelo. Atlético e Crac se enfrentaram em 28 oportunidades, sendo 21 vitórias para o time da capital, contra seis do clube de Catalão em um empate.

FICHA TÉCNICA
Atlético-GO x Crac

Data: 20 de fevereiro, de 2020
Horário: 20h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia

Árbitro: Elmo Resende
Assistentes: Adaílton Fernando e Roberto Pereira

Atlético: Jean; Reginaldo, Eder, Gilvan e Nicolas; Edson, Marlon Freitas e Matheus Vargas; Matheus, Ferrareis e Kayzer. Técnico: Cristovão Borges

Crac: Bruno Fuso; Evandro, Renato, Willian e Maninho; Gilberto, Paulinho Santos, Medina e Andrezinho; Jr Batata e Peixoto. Técnico: Carlos Rabello

Fonte: O Hoje

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Estádio Genervino da Fonseca não reuniu condições, novamente, de receber uma partida de futebol do Campeonato Goiano e com isso, a partida entre Crac e Atlético Goianiense teve o mando invertido. O jogo deixa Catalão e será realizado em Goiânia, no Estádio Olímpico nesta quinta-feira (20), às 20h30 (horário de Brasília).

Esse será o segundo jogo que o Crac tem o mando invertido, o primeiro foi diante da Aparecidense, que foi realizado no Estádio Hailé Pinheiro e empataram sem gols. O Atlético sofria com a indefinição que só foi confirmada pela Federação Goiana de Futebol (FGF) na manhã desta quarta-feira (19).

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Nas duas últimas partidas válidas pelo Goianão de 2020, Vila Nova e CRAC somaram um empate e uma derrota cada. Analisando apenas a competição estadual, ambos os times sabem bem a importância de dar a volta por cima para não se complicar na sequência do torneio. Com isso em mente, eles se enfrentam hoje às 20h30 no Onésio Brasileiro Alvarenga, fechando assim a sexta rodada do Campeonato Goiano.

O calendário do CRAC está bastante irregular. Nas três primeiras rodadas, o time seguiu o fluxo normal do Goianão, mas na sequência os jogos envolvendo a equipe foram sendo adiados. No dia 29 de janeiro, o clube de Catalão entrou em campo. Isso só voltou a acontecer em 12 de fevereiro, quando enfrentou a Aparecidense. Além disso, houveram alterações nos confrontos com o Atlético e o Vila Nova por conta da Copa do Brasil. Aos poucos, a frequência de compromissos vai se acertando.

No caso do Tigre, a intenção era ter antecipado o clássico contra o Goiânia do dia 9 para o dia 7, assim como o embate perante o CRAC que aconteceria no final de semana. A primeira tentativa não deu certo, mas a segunda foi concedida pela Federação Goiana de Futebol (FGF). Isso fez com que houvesse menos desgaste no intervalo entre as partidas, pois o plantel tinha feito uma viagem até o Acre, e o colorado espera conseguir aproveitar a brecha.

Nos dois últimos jogos válidos pelo Goiano, a quantidade de pontos somados entre Vila e CRAC foi a mesma. O alvirrubro vem de um empate com o Goiás e uma derrota para o Goiânia. Já o Leão do Sul vem de revés diante do Iporá e uma igualdade com a Aparecidense. Os dois vivem situação semelhante na tabela. O time de Catalão está em oitavo lugar e na beira da zona dos oito melhores que avançam para as quartas de final. A equipe da capital, por sua vez, está em nono e, no momento, do lado de fora da área de classificação. O confronto é direto e essencial para a sequência.

O goleiro Fabrício, uma das bases do elenco vilanovense na atual temporada até aqui, destacou a melhora do grupo a cada jogo. “A nossa equipe vem evoluindo jogo a jogo e estamos em uma constante, mesmo às vezes o resultado não aparecendo, mas a evolução dentro de campo vem acontecendo. Claro que é muito mais fácil você evoluir quando os resultados vêm, e a torcida reconhece isso. Mas infelizmente com o resultado não acontecendo, às vezes essa evolução não aparece. Espero que nos próximos jogos, além da evolução, conquistemos o resultado”, analisou.

Neste ano, o Vila já realizou duas partidas no OBA. Na primeira delas, o Tigre perdeu para o Jaraguá, que atualmente está isolado na liderança. Na outra, a primeira e única vitória do time no Goianão, contra o Grêmio Anápolis. Fora de casa, o CRAC jogou em três oportunidades, com uma vitória, um empate e uma derrota. Depois de se enfrentarem nesta segunda-feira, o Vila joga apenas na sexta-feira seguinte, encarando o Grêmio Anápolis pela segunda vez, agora no Jonas Duarte. O CRAC, por outro lado, recebe o Iporá para tentar dar o troco dos três pontos perdidos no primeiro turno do Goianão.

Ficha técnica

Jogo: Vila Nova x CRAC. Local e data: Onésio Brasileiro Alvarenga, hoje, às 20h30, em Goiânia-GO. Árbitro: Jean Carlos Narciso. Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Adriano Mendes.

Vila Nova: Fabrício; Marquinhos, Brunão, Adalberto e Crystian; Liel, Pedro Bambu e Gilsinho; Talles, Lucas Silva e Dimba (Nando). Técnico: Ariel Mamede.

CRAC: Rafael Robalo; Evandro, Willian Goiano, Renato e Raí; Gilberto, Paulinho Santos e Medina; Reginaldo Júnior, Peixoto e Thiago Rômulo. Técnico: Carlos Rabello.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Foto: Rossini Pasti/AA Anapolina

Com o maior publico da segunda rodada do Campeonato Goiano, Anapolina jogou no Estádio Jonas Duarte e conheceu a segunda derrota na competição.

Resultado que deixou a Rubra na lanterna da competição, acendendo o alerta vermelho, em se tratando de rebaixamento, uma vez que terá na próxima rodada a equipe do Goiás.

Resultado muito  bom para o Crac de Catalão, que pulou para quinta colocação com 4 pontos, mesmo número de ponto do  terceiro colocado, o Goiás.

Pela terceira rodada a Anapolina enfrenta o Goiás, na próxima quarta-feira, no estádio Jonas Duarte, em Anápolis, às 20h30. Já o Crac visita o Iporá, no estádio Ferreirão, em Iporá, às 15h30.

Na próxima rodada a Anapolina enfrenta o Goiás, na próxima quarta-feira, no estádio Jonas Duarte, em Anápolis, às 20h30. Já o Crac visita o Iporá, no estádio Ferreirão, em Iporá, às 15h30.

Renda: R$ 83.080,00
Público: 2.749 pagantes

Gol: Andrezinho 12’ 1T (Crac)

Anapolina: Rafael Kahn; Arlen, Matheus Negão, Lúcio e Renan Castro; Puyol (Max), Jefferson Jari e Demetrhyus; Natan e Matheus Paraná (Matheus Lemos) e Riquelme

Técnico: Rafael Toledo

Crac: Rafael Robalo; Evandro, Renato Silveira, Willian Goiano e Acácio; Helder (Gilberto), Paulinho, Medina e Andrezinho (Ray); Peixoto e Gabriel

Técnico: Carlos Rabello

Informações Mais Futebol Goiano

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Na noite desta quarta-feira (22), no Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão, Crac e Goianésia estrearam no Campeonato Goiano 2020. As equipes fizeram um jogo bastante truncado e com domínio das ações ofensivas pelo Leão do Sul. Porém, ninguém conseguiu estufar as redes e a partida terminou empatada sem gols.

Na segunda rodada, o Crac irá visitar a Anapolina, no estádio Jonas Duarte, às 16h do domingo (26). Enquanto, o Goianésia vai receber o Anápolis, no estádio Valdeir José de Oliveira, também, às 16h do domingo.

Nada de gols

O primeiro tempo foi bastante equilibrado. Ambas as equipes apostaram em jogadas de velocidade, porém com dificuldades para sair tocando a bola no meio do campo, devido as condições ruins do gramado, prejudicado pela chuva que caiu na cidade de Catalão.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado. Ambas as equipes apostaram em jogadas de velocidade, porém com dificuldades para sair tocando a bola no meio do campo, devido as condições ruins do gramado, prejudicado pela chuva que caiu na cidade de Catalão.

Na etapa final, o Crac voltou melhor e criou as melhores chances de estufar as redes em jogadas de bola parada e em finalizações de fora da área. Porém, o goleiro Thiago Santos, do Azulão do Vale, apareceu para selar o placar de 0 a 0.

Ficha técnica:
Crac 0 x 0 Goianésia – 1ª rodada do Goianão Data: 22 de janeiro de 2020 Horário: 20h30 Local: Estádio Genervino da Fonseca; Catalão, GO

Árbitro: Bruno Rezende
Assistentes: Tiego dos Santos e Danilo Bonifácio

Amarelos: Édipo, Everton Luis e Junior Capixaba (Goianésia); William Goiano e Medina (Crac)
Vermelho: Everton Luis (Goianésia)

Crac: Bruno Fuso; Evandro, Renato Silveira, William Goiano e Acácio (Renato Justi); Elder, Paulinho e Medina; Andrezinho, Peixoto e Thiago Rômulo (Reginaldo Júnior).
Técnico: Carlos Rabello

Goianésia: Thiago Santos; Lucas Néwiton, Waldson (Rodolfo), Márcio Luiz e Cleidson (Léo Carvalho); Everton Luis, Iran, William Kozlowski e Elias (Júnior Capixaba); Rodriguinho e Édipo.
Técnico: Ito Roque

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Apesar do favoritismo dos clubes da capital, se uma equipe sabe como é ganhar o Goianão e em duas oportunidades, é o Crac. A equipe da Catalão é o maior vencedor do interior, em 1967 e 2004, e vai fazer a sua estreia contra o Goianésia, hoje às 20h30 (horário de Brasília), no estádio Genervino da Fonseca, em Catalão. A partida será comandada pelo árbitro Bruno Rezende, que será auxiliado por Tiego dos Santos e Diego Bonifácio.

O Crac aposta na experiência do goleiro Bruno Fuso e do zagueiro Renato Justi como pontos chaves para o Goianão 2020. O atleta que disputou a última edição pela equipe de Catalão, retornou e desta vez com Carlos Rabello. Na pré-temporada o Crac enfrentou o Uberlândia em duas oportunidades e somou um empate e uma vitíria. O Goianésia contratou o experiente Elias, que estava no Vila Nova  em 2019, para ser uma liderança dentro do campo, na pré-temporada somou quatro vitórias, contra Monte Cristo, Gama, Brasiliense e Barro Alto.

O Crac deve ter como primeira escalação de 2020: Bruno Fuso; Evandro, Renato Silveira, Willian Goiano, Acácio; Paulinho Santos, Elder, Medina, Andrezinho; Thiago Rômulo e Peixoto. Técnico: Carlos Rabello.

O Goianésia por sua vez deve ir a campo com: Thiago Santos; Lucas Néwiton, Waldson, Márcio Luiz e Cleidson; Everton Luis, Iran, William Kozlowski e Elias; Rodriguinho e Édipo. Técnico: Ito Roque. 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

Na noite desta quarta-feira (27), no estádio Genervino da Fonseca, em Catalão, o Vila Nova se classificou para a fase semifinal do Campeonato Goiano. O time colorado foi derrotado por 1 a 0 pelo Crac, mas, por ter vencido a partida de ida por 2 a 0, estará na fase semifinal da competição estadual. O único gol da partida foi marcado pelo atacante Rafael Tanque, aos 44 minutos do segundo tempo.

O adversário do Vila Nova na semifinal será o Atlético-GO. Com o primeiro jogo marcado para o próximo domingo, no estádio Olimpico, em Goiânia, às 16 horas. A segunda partida será no dia 7 de abril, no Antônio Accioly, em Goiânia, ás 16 horas.

O Crac fecha sua participação no Campeonato Goiano na quinta posição, e garante vaga no Campeonato Brasileiro da Série D 2020.

Ficha técnica

CRAC 1 X 0 VILA NOVA

Local: Genervino da Fonseca, em Catalão

Data: 27 de março 2019

Horário: 20h30

Árbitro: Eduardo Tomaz

Assistentes: Bruno Pires e Tiago Gomes

Renda: R$ 32.810,00

Público: 3.281 pagantes

Gol: Rafael Tanque 44’ 2T (Crac)

CRAC: Bruno Fuso; Evandro, Tiago Garça, Rafael Cardoso e Michael; Gilberto, Iran (Tatuí), Pikachu (Rafael Tanque) e Saulo Mineiro; Alef e Michel Paulista (Elcarlos)
Técnico: Ney da Matta

VILA NOVA: Rafael Santos; Patrick Willian, Philipe Maia, Wesley Matos e Gastón; Wellington Reis, Neto Moura (Denner) e Alan Mineiro; Keké (Tiago Cametá), Danilo (Michel Douglas) e Facundo Boné.
Técnico: Eduardo Batista

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Crac

O Vila Nova começou bem sua caminhada na segunda fase do Campeonato Goiano e venceu o Crac, em casa, neste sábado à tarde, no estádio Olimpico, em Goiânia.

Com dois gols do meio-campista Alan Mineiro, o time colorado derrotou o Leão do Sul por 2 a 0, pela partida de ida da fase quartas de final da competição estadual. O Crac teve um gol mal anulado aos 38 minutos do segundo tempo, marcado pelo meia-atacante Michel Paulista.

Com o resultado, o time comandado pelo treinador Eduardo Batista poderá perder por um gol de diferença na partida de volta.

O Crac para ficar com a vaga precisará vencer por três gols de diferença. Vitória do Leão do Sul por dois gols de diferença leva a decisão da vaga para as penalidades máximas.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, no Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão, às 20h30. Para este duelo, o técnico Eduardo Batista não poderá contar com o atacante Erick, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
SUBIR PÁGINA