CATEGORIA: Esporte

A Confederação Brasileira de Futebol se reuniu com as Federações e sugeriu aos presidentes que articulem as voltas dos Campeonatos Estaduais.

A data para o retorno seria 17 de Maio.

As Federações do Paraná e Santa Catarina já dão como certa a volta do Paranaense e Catarinense.

Porém cada estado tem sua realidade e a CBF pediu para que as Federações trabalhassem o retorno em sintonia com cada Governo.

Isso significa que aqui em Goiás, André Pitta terá que ter o aval de Ronaldo Caiado.

Conversei com Pitta, presidente da Federação Goiana e ele me disse que é preciso cautela para definir a volta do Goianão e que são pequenas as possibilidades de retorno no próximo dia 17. “Vamos fazer avaliações com a Secretária de Saúde e em um segundo momento podemos chegar os clubes para uma reunião na semana que vem”.

As dificuldades para volta do Campeonato Goiano são muitas. Porém o que precisa ser avaliado e o que é mais importante neste momento… É seguro voltar?

Fonte: Radio Sagres

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

O futebol brasileiro está parado em todos os sentidos. Os campeonatos foram interrompidos, os patrocínios, investimentos e até os treinamentos dos jogadores. Porém, uma reunião às 15 horas desta terça-feira (28) pode mudar este último fator.

Por meio de uma videoconferência, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Comissão Nacional de Clubes (CNC) vão debater um possível retorno às atividades a partir de maio.

Assim que a quarentena foi iniciada, os times começaram a se organizar para manter o lado financeiro funcionando, na medida do possível, e um panorama de retomada esportiva ainda neste ano.

As equipes decidiram dar férias coletivas aos atletas e funcionários até o final de abril, podendo prorrogar por mais dez dias. Foi o que aconteceu, mas o período de pausa nas tarefas vai somente até esta quinta-feira; portanto, há o desejo de iniciar uma volta à normalidade ao menos nos treinamentos.

Para isso, a CBF e os clubes precisariam cumprir todos os protocolos de segurança a fim de prezar pela saúde de todos os membros da delegação.

O futebol nacional foi interrompido durante as retas finais da maioria dos estaduais e as rodadas iniciais da Copa do Brasil. O Brasileirão não tinha iniciado ainda, com o pontapé inicial marcado para o mês de maio.

Agora, não se sabe como será exatamente o calendário, mas a CBF e os clubes discutem as possibilidades.

Dívidas

O retorno aos treinos não será a única pauta abordada na reunião desta terça-feira entre CBF e CNC. Os clubes desejam que ocorra um congelamento das parcelas do Profut por 12 meses, por conta da situação economicamente delicada dos mesmos, os quais seguem sem arrecadação.

Além disso, a vontade da Comissão é de que as novas dívidas contraídas com a União sejam incluídas no parcelamento do programa de refinanciamento dos valores, que datam de agosto de 2015. Um projeto de lei já foi enviado para a Câmara dos Deputados e deve no momento estar em análise.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Em Ipameri, o Crac respirou no Campeonato Goiano. Diante da Anapolina, o Leão do Sul venceu pelo placar de 2×1. Estreante da tarde, Matheusinho marcou os dois gols do Crac. Rafhael Lucas descontou para a rubra. Com a derrota, a Xata fica em situação bastante delicada no estadual.

Com o resultado, o Crac assumiu a oitava colocação, com 12 pontos. A Anapolina segue na última colocação, com cinco tentos. As equipes voltam a campo no próximo domingo (15). No Jonas Duarte, a Anapolina recebe o Jaraguá, às 16h. No mesmo horário, fora de casa, o Crac enfrenta o Goianésia.

Crac abre o placar com gol relâmpago e Anapolina empata

A partida não poderia começar melhor para o Crac. No primeiro ataque, a equipe abriu o placar, com Matheuzinho, completando para o gol após cruzamento na área. Após o gol, o Crac continuou melhor na partida, enquanto a Anapolina tinha dificuldades para criar. A partir dos 15 minutos, a Xata equilibrou as ações da partida, chegando ao ataque e, aos 29 minutos, chegou ao empate, com Rafhael Lucas, cobrando pênalti.

Gol no m garante o triunfo do Crac

A Anapolina começou melhor a segunda etapa melhor, mas não conseguia converter o maior volume de jogo em gols. O Crac aos poucos equilibrou a partida, buscando chegar ao ataque, mas dos dois lados as defesas venciam os duelos contra os ataques. O gol da vitória do Crac saiu aos 44 minutos, Dudu Itapajé fez o passe para Matheusinho que dominou, e, de bico, colocou no fundo da rede.

Ficha Técnica

Crac 2×1 Anapolina
9ª rodada do Campeonato Goiano 2020
Data: 08 de fevereiro de 2020
Horário: 17h
Local: Estádio Durval Ferreira Franco; Ipameri (GO)

Árbitro: Anderson Gonçalves
Assistentes: Paulo César Almeida e Bruno Borges

Gols: Matheusinho, aos 1′ 1T e 44′ 2T (Crac); Rafhael Lucas, aos 29′ 1T (ANA)
Cartões Amarelos: Ikaro e Jenho (ANA)

Crac: Bruno Fuso; Bruno Leite, Renato, Willian e Maninho (Evandro); Gilberto, Helder, Mateusinho e Andrezinho (Rai); Cleberson Tiarinha (Dudu Itapajé) e Peixoto.
Treinador: Carlos Rabello

Anapolina: Rafael Khan; Murillo, Lúcio, Delamore e Victor Lindenberg (Humberto); Feijão, Arlen, Ikaro e Jorge Luiz (Jenho); Felipe Araújo e Rafhael Lucas.
Treinador: Artur Neto

Com informações do Esporte Goiano

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quarta-feira a tabela de jogos e os grupos da edição 2020 da Série D do Campeonato Brasileiro. Neste ano, a competição ganhou uma nova fórmula: fase preliminar, mata-mata com oito times, e oito grupos com oito equipes na luta pelo acesso. A partir de maio, 68 equipes começam a disputar o tão sonhado acesso. O início da Série D de 2020 está previsto para o fim de semana de 2 ou 3 de maio, com a final em 22 de novembro.

FASE PRELIMINAR

JOGOS DE IDA – 2 de maio ou 3 de maio
Ji-Paraná (RO) x Nacional (AM)
Baré (RR) x Ypiranga (AP)
Real Noroeste (ES) x Aquidauanense (MS)
Tocantinópolis (TO) x Brasiliense (DF)

JOGOS DE VOLTA – 9 de maio ou 10 de maio
Nacional (AM) x Ji-Paraná (RO)

Ypiranga (AP) x Baré (RR)
Aquidauanense (MS) x Real Noroeste (ES)
Brasiliense (DF) x Tocantinópolis (TO)

GRUPO 1

  • Atlético-AC
  • Galvez (AC)
  • Rio Branco-AC
  • Vilhenense (RO)
  • Fast Clube (AM)
  • Independente-PA
  • Bragantino-PA
  • Vencedor do confronto Ji-Paraná (RO) x Nacional-AM

GRUPO 2

  • São Raimundo-RR
  • Luverdense (MT)
  • Santos-AP
  • Moto Club (MA)
  • Juventude-MA
  • River-PI
  • Altos (PI)
  • Vencedor do confronto Baré (RR) x Ypiranga-AP

GRUPO 3

  • América-RN
  • Globo FC (RN)
  • Campinense (PB)
  • Atlético-PB
  • Floresta (CE)
  • Guarany de Sobral (CE)
  • Salgueiro (PE)
  • Afogados (PE)

GRUPO 4

  • Vitória da Conquista (BA)
  • ABC (RN)
  • Potiguar (RN)
  • Central (PE)
  • Coruripe (AL)
  • Jaciobá (AL)
  • Frei Paulistano (SE)
  • Itabaiana (SE)

GRUPO 5

  • Goianésia (GO)
  • CRAC (GO)
  • Goiânia (GO)
  • Águia Negra (MS)
  • Operário (MT)
  • União (MT)
  • Vitória-ES
  • Vencedor do confronto Real Noroeste (ES) x Aquidauanense (MS)

GRUPO 6

(mais…)

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Foto: Iris M. Tomé 

O final de semana do Campeonato Goiano teve grandes mudanças na classificação, com Aparecidense e Iporá entrando na zona de classificação e Goiânia virando para cima do Goianésia e deixando a lanterna. No clássico anapolino, resultado igual, mas sem gols.

Anapolina 0x0 Anápolis

Além de Vila Nova e Goiás, a rubra e o tricolor também fizeram o outro clássico da rodada. O jogo entre as equipes anapolinas acabou também tudo igual, um empate em 0 a 0 que não favoreceu nenhuma equipe.

O empate para a Anapolina fez com que o time retornasse para a lanterna da competição, somando cinco pontos e na próxima rodada encara a equipe do Crac, fora de casa. Já para o Anápolis, a equipe caiu uma posição na tabela e somando dez pontos, ainda sim na zona de classificação para a fase mata-mata. No próximo jogo, o Azulão receberá o Goianésia, no Jonas Duarte.

Iporá 1×0 Grêmio Anápolis

Um dos dois jogos que começaram às 15h30. Melhor para o Iporá que voltou a vencer ao bater o Grêmio Anápolis por 1 a 0, com gol anotado por Bosco já no final do segundo tempo. Com a vitória, o time mandante pulou três posições, chegando ao nono lugar, com dez pontos ganhos. Na próxima rodada, visitam o Goiás, jogando no estádio Hailé Pinheiro.

Já o Grêmio Anápolis com a derrota permaneceu com seus mesmos dez pontos e caiu uma posição na tabela, agora ocupando a sexta colocação. Na próxima rodada, a raposa recebe a Aparecidense, no Jonas Duarte.

Goianésia 1×2 Goiânia

Um jogo que decidiria se o Azulão assumisse a vice-liderança ou o Galo saísse da lanterna da competição. Melhor para o time alvinegro que venceu por 2 a 1 de virada e deixou a última colocação. O zagueiro Márcio Luiz abriu o placar para o Goianésia, mas nos minutos finais, o volante Adriel e o atacante Du Gaia, nos acréscimos garantiram os três pontos para o Goiânia.

Com a derrota o Goianésia permaneceu com seus catorze pontos e continua na terceira colocação. Na próxima rodada encaram o Anápolis. A vitória significou muito para o Goiânia, que agora com sete pontos ainda está na zona de rebaixamento, mas ficou mais próximo de sair dela. Na próxima rodada, clássico no estádio Olímpico, contra o Atlético Goianiense.

Crac 0x3 Aparecidense

O outro jogo que começou às 15h30. A equipe da Aparecidense dominou a partida e goleou o Crac por 3 a 0, jogando em Ipameri. Os gols da partida foram anotados por Albano e Alex Henrique, duas vezes, assumindo a artilharia da competição.

Com a segund vitória consecutiva, a Aparecidense subiu quatro posições e agora está em quinto lugar, com dez pontos. Na próxima rodada viajam para Anápolis, onde encaram o Grêmio, no estádio Jonas Duarte. Já o Crac saiu da zona de classificação e agora está em décimo, a dois pontos da zona de rebaixamento. O Leão do Sul soma nove pontos e no próximo jogo recebe a Anapolina, de volta ao Genervino da Fonseca.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Sob o comando do técnico Eduardo Souza, o Atlético não tomou conhecimento do Jaraguá e liquidou a fatura logo nos primeiros minutos, na tarde deste sábado (29), no Estádio Olímpico em Goiânia, pela 8ª rodada do Goianão 2020. Matheuzinho marcou o gol mais rápido do campeonato este ano, aos 46 segundos de jogo. Logo depois, aos 16’, Júlio César ampliou, e Júnior Brandão, aos 18’, marcou o primeiro dele desde o retorno ao Dragão.

Na etapa final, Matheuzinho marcou o segundo dele e o quarto do Atlético, aos 30’, e Renato Kayzer, de pênalti, aos 39’, fechou a conta em 5 a 0 para o Dragão.

Com a vitória, o Atlético assume a liderança isolada do Campeonato Goianão com 17 pontos. O Jaraguá, do estreante técnico Ariel Mamede, cai para a segunda colocação, estacionado com 16, podendo ser ultrapassado pelo Goianésia neste domingo (1º), caso vença o Anápolis no Jonas Duarte.

O Dragão se concentra agora para a partida contra o Santa Cruz na quarta-feira (4) às 21h30, pela 2ª fase da Copa do Brasil.

Fonte: Rádio sagres

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Após 10 anos da única vez que chegou a final da Copa Sul-Americana, o Goiás sonhava em repetir a campanha, mas com um final feliz, mas não foi desta vez. O Esmeraldino que havia perdido a primeira partida, perdeu novamente para o Sol de América, novamente por 1 a 0, gol marcado por Novick, e foi eliminado na primeira fase da competição continental, que foi disputada na noite desta terça-feira (25), no estádio Olímpico.

Primeiro Tempo

O time paraguaio ainda com a vantagem no resultado quem começou pressionando a saída de bola esmeraldina. A primeira chegada esmeraldina saiu pela direita e em rebatida na área, Rafael Moura subiu alto, mas o goleiro adversário também estava nela e tirou com soco. Victor Andrade em jogada individual trouxe dois da marcação e chegou perto do gol, tocando no meio, mas a confusão na área fez com que nenhum jogador esmeraldino aproveitasse a sobra.

Aos vinte e seis minutos, Figueira falhou na marcação e o ataque do Sol foi para cima de Tadeu, com o goleiro fazendo pênalti no centroavante. O camisa dez Novick foi para cobrança e abriu o placar do jogo. O time esmeraldino teve uma boa chance na sequência. Cobrança de falta pela esquerda para o belo cabeceio de Rafael Moura, só não melhor que a defesa de Centurión. Keko ainda tentou pelo alto para Rafael Moura, mas o atacante não conseguiu alcançar. Embaixo de chuva o Goiás saiu derrotado no primeiro tempo por 1 a 0.

Segundo Tempo

Mais ligado no jogo, com dois minutos de jogo, mais uma vez jogada individual do Victor Andrade que cortou e chutou para a defesa de Centurión. O time pouco atacou depois da finalização de Victor. Aos catorze mais uma chance esmeraldina, Victor tabelou com Keko e o argentino cara a cara com o goleiro finalizou mal. Três minutos depois, Léo Sena finalizou de fora da área e Centurión mais uma vez presente para estragar a noite esmeraldina.

O camisa um do time paraguaio salvou mais uma dessa vez aos vinte minutos após uma bela cabeçada de Rafael Moura. A torcida ainda protestou durante a partida mandando o treinador Ney Franco ir tomar suco de caju. O jogo que teve mais cinco minutos de acréscimos não agregou em nada. Fim de jogo e eliminação precoce do Goiás na Sul-Americana, derrota para o Sol de América por 1 a 0.

Fonte: O Hoje

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
18 de fevereiro de 2020

Vila Nova vence o Crac no OBA

CATEGORIA: Esporte

Fotos: Roberto Silva 

Vila Nova conseguiu a segunda vitória no Campeonato Goiano. O Tigre venceu o Crac, na noite desta segunda-feira (17) por 1 a 0, gol marcado por Lucas Silva, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. Com o resultado, o Colorado chegou aos oito pontos e pulou para a quinta posição, o time de Catalão por sua vez permaneceu com apenas cinco e caiu para o nono lugar.

Ficha técnica
Vila Nova 1×0 Crac

Local: Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia
Árbitro: Jean Carlos Narciso
Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Adriano Mendes.

Vila Nova: Fabrício; Crystian, Danrlei, Adalberto e Mário Henrique; Lucas Jacaré (Francesco), Liel e Pedro Bambu; Talles, Lucas Silva (Celsinho) e Dimba. Técnico: Ariel Mamede.

Crac: Bruno Fuso; Evandro, Renato, Willian e Maninho (Bruno Leite); Gilberto (Jussimar), Paulinho Santos e Andrezinho; Medina, Júnior Batata e Peixoto (Gabriel). Técnico: Carlos Rabello.

Gol: Lucas Silva, aos 35’ do 1ºT. Público: 2.501 presentes, 1.737 pagante. Renda: R$ 17.705,00.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Nada de gols na partida entre Aparecidense e Crac, válida pela quarta rodada do Campeonato Goiano. Os clubes que deveriam se enfrentar no Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão, teve o jogo alterado para o Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia e mesmo com reformas. Os mandos foram alterados devido a forte chuva que assola Catalão e que já fez com que duas partidas do Crac fossem adiadas.

Primeiro tempo

A equipe da Aparecidense começou bem a partida, e pelo lado direito quase o primeiro gol do jogo, após cruzamento de Gabriel Paulino, o goleiro do Crac interceptou antes que chegasse aos pés do artilheiro Alex Henrique. A resposta do time visitante veio aos nove minutos, ataque puxado por Medina, o camisa dez carregou a bola e de longe finalizou, mas passou ao lado da trave de Edson. 

Em cobrança de escanteio, mais um perigo a favor do Crac, dessa vez Thiago Romulo quase abriu o placar na partida. Aos vinte e seis minutos, Gabriel saiu lesionado e Albano entrou em seu lugar. Aos trinta e cinco minutos, uma bela finalização de Hélder, mas o goleiro Bruno Fuso brilhou, evitando o que seria o primeiro gol do jogo. Falta bem cobrada de Albano, a bola desvia na barreira e engana Fuso, mas ainda da tempo de tirar ela para escanteio. Fim de primeiro tempo, tudo igual, 0 a 0. 

Segundo tempo

Os times voltaram do intervalo do que mostraram no início do jogo. O Crac nos dez minutos iniciais pouco chegou ao gol do adversário. Enquanto a Aparecidense buscou o gol nas bolas paradas cobradas por Albano. Aos treze minutos, Léo Teles lançou bela bola para Alex Henrique que cara a cara com Bruno Fuso, desperdiçou, parando na defesa tranquila do goleiro. 

Grande chance cinco minutos depois, mais uma vez o duelo Alex Henrique versus Bruno Fuso e o goleiro brilhantemente defendeu mais uma, no rebote, Robert finalizou e caído, o goleiro do Crac tirou para escanteio. O Crac também teve uma chance de ouro no escanteio, a bola sobrou no ar para Renato, mas o zagueiro furou. O time que foi comandado por Wesley, por conta da suspensão de Romerito, pressionou o adversário nos minutos finais, mas o empate persistiu até o final. Aparecidense 0 a 0 Crac. 

Como fica ?

Com o empate, a Aparecidense chega a quatro pontos na competição, mas permanece ainda na 11ª colocação. Na próxima rodada a Cidinha volta ao estádio Haile Pinheiro, para enfrentar a equipe do Anápolis. Já o Crac com o empate vai a cinco pontos e volta a Goiânia na segunda-feira, para enfrentar o Vila Nova, no OBA. 

FICHA TÉCNICA
Aparecidense 0x0 Crac

Horário e local: 16 horas, Estádio Hailé Pinheiro

Arbitragem: Breno Souza
Assistentes: Márcio Soares e Pedro Henrique Tavares
Quarto Árbitro: João Francisco de Sá

Aparecidense: Edson; Gabriel Paulino (Albano), Robson, Garutti, Hélder; Alison, Willyam, Robert (Flávio Gabriel); Diego Rosa (Léo Teles), Aleílson e Alex Henrique. Técnico: Romerito Mendonça.

Crac: Bruno Fuso; Evandro, Renato Silveira, Willian Goiano, Raí (Renato Justi); Gilberto, Paulinho Santos, Medina (Jussimar); Thiago Rômulo (Andrezinho), Reginaldo e João Peixoto. Técnico: Carlos Rabello. 

Fonte: O Hoje

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Na manhã de hoje o Conselho Técnico da Federação Goiana de Futebol definiu os grupos do Goianão 2020, que segue a mesma fórmula de disputa do Goianão deste ano, com dois grupos de seis equipes cada. Os times de um grupo enfrentam os do outro grupo em turno e returno, classificando-se os 8 melhores, independente do grupo, para a próxima fase, que segue em mata-mata até a final. Os dois piores, também independente do grupo, são rebaixados à Divisão de Acesso de 2021.

O CRAC, o nosso representante do Sudeste Goiano na elite estadual, enfrentará na primeira fase Anapolina, Aparecidense, Iporá, Goianésia e dois grandes da capital, Atlético Goianiense e Vila Nova.

O Leão do Sul já anunciou Carlos Rabello para comandar a equipe no Goianão do ano que vem, e segue se preparando na montagem do elenco para fazer uma boa temporada, que terá além do Campeonato Estadual o Brasileirão da Série D.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Com a conclusão da fase de grupos da Copa América hoje (24), ficou definido que o Paraguai será o adversário do Brasil nas quartas de final da competição, na próxima quinta-feira (27).

O Brasil chega ao confronto como o primeiro colocado do grupo A, com duas vitórias e um empate.

Já o Paraguai se classificou como um dos melhores terceiros colocados da competição, após empatar duas partidas e perder uma pelo grupo B.

Vale lembrar que, nas edições de 2011 e de 2015 da Copa América, o Brasil acabou desclassificado nas quartas de final pelo Paraguai.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
SUBIR PÁGINA