CATEGORIA: Esporte

A partir de segunda-feira (14), estarão abertas as inscrições para a escolinha do Bairro Pio Gomes, no CT do Roberto Silva ( Roberto Tiu ) crianças de 5 a 14 anos, inscrições no local com os professores Dennis ex goleiro do Crac e  Clayton enroscado ex- goleiro do Crac ou pelos fones 8118-4380 ou 8151-5705.

Vamos lá garotada projeto pensando no futuro dessa garotada catalana !!!

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

O Goiás empatou com Atlético-GO por 0 a 0, na tarde deste domingo no estádio Serra Dourada, em Goiânia e mantém vantagem na decisão do Campeonato Goiano. 

Como fez a melhor campanha na classificação geral, o time esmeraldino será campeão com dois empates. Assim, o Goiás levanta a taça no caso de qualquer igualdade no Serra Dourada. O segundo jogo da final está marcado para o próximo domingo, a partir das 16 horas (de Brasília) no Estádio Serra Dourada, com mando de campo do Goiás. Ainda sem ser derrotado no Campeonato Goiano, o Goiás poderá ser campeão invicto no próximo domingo, algo que não ocorre desde 1975.

A primeira chance de gol foi do Goiás. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Pedro Henrique subiu mais alto e acertou a trave de Márcio.

Aos 30 minutos do primeiro tempo, o meia Jorginho recebeu na área do Goiás e finalizou. Renan defendeu nos pés de Juninho, que finalizou à queima-roupa. O goleiro esmeraldino fez milagre. Já aos 45, Rychely recebeu na ponta direita e cruzou para Araújo, que superou Márcio. O zagueiro Artur tirou em cima da linha.

O segundo tempo foi de poucas emoções. Carlos Alberto entrou na vaga de Ramon, mas não conseguiu desequilibrar. Do outro lado, Marcelo Martelotte lançou Felipe Brisola na vaga de Fábio Lima e Diogo Campos no lugar de Juninho.

 Ficha técnica:

ATLÉTICO-GO 0 X 0 GOIÁS

 Local: Serra Dourada, Goiânia (Goiás)

Data: 6/4/2014

Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro:
 André Luiz Castro
Assistentes:
 Cristhian Passos e Bruno Pires

Renda: R$ 121.490, 00

Público: 4.062 pagantes

ATLÉTICO-GO: Márcio; Pedro Bambu, Lino, Arthur e Thiago Feltri (Victor Oliveira); Léo, Renan Foguinho, Jorginho e Fábio Lima (Felipe Brisola); Juninho (Diogo Campos) e Júnior Viçosa

Técnico: Marcelo Martelotte

GOIÁS: Renan; Vitor, Pedro Henrique, Jackson e Lima; Amaral, Thiago Mendes, David e Ramon (Carlos Alberto); Rychely (Erik) e Araújo

Técnico: Claudinei Oliveira

Fonte: Futebol Goiano

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

A disputa pelo título do Campeonato Goiano começa neste domingo. Atlético-GO e Goiás, os dois melhores times da primeira fase, se enfrentarão às 16 horas, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, na primeira partida da final. No terceiro da primeira fase o confronto entre as equipes terminou empatado por 1 a 1, com gols de Márcio para o Dragão e Lima anotou o gol esmeraldino.

Como está na primeira colocação na classificação geral do Campeonato Goiano joga por dois empates, ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols para ser campeão goiano. O Goiás tenta pela terceira conquistar o goianão invicto, a ultima vez foi no Campeonato Goiano de 1975.

No retrospecto geral Goiás e Atlético já realizaram 276 partidas, com 74 empates, 106 vitórias do Goiás e 96 do Atlético. A equipe esmeraldina já marcou 376 gols, contra 359 do Dragão.

Já o Atlético tenta quebrar um tabu que já dura onze partidas sem vencer o Goiás. A ultima vitória foi no Campeonato Goiano de 2011, quando venceu por 2 a 0, com gols de Josiel e Diogo Campos. De lá pra cá foram nove partidas, com duas vitórias do Goiás e sete empates.

O treinador Marcelo Martelotte poderá repetir a mesma formação que iniciou a partida contra a Anapolina no ultimo domingo, quando venceu por 3 a 0, no Jonas Duarte, em Anápolis. O meio-campista Eusébio continua entregue ao departamento médico e desfalca o Atlético-GO neste domingo.

Pelo lado do Goiás, serão duas novidades em relação a equipe que começou a partida contra o Goianésia na partida de volta da fase semifinal. O volante Amaral e o atacante Rychely, recuperados de contusão retornam a equipe, nos lugares de Tiago Real e Erik.

 Ficha técnica: 

ATLÉTICO-GO  X  GOIÁS

 Local: Serra Dourada, Goiânia (Goiás)

Data: 6/4/2014

Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: André Luiz Castro
Assistentes: Cristhian Passos e Bruno Pires

ATLÉTICO-GO: Márcio; Pedro Bambu, Lino, Arthur e Thiago Feltri; Léo, Renan Foguinho, Jorginho e Fábio Lima; Juninho e Júnior Viçosa

Técnico: Marcelo Martelotte

GOIÁS: Renan; Vitor, Pedro Henrique, Jackson e Lima; Amaral, Thiago Mendes, David e Ramon; Rychely e Araújo

Técnico: Claudinei Oliveira

 Fonte: Futebol Goiano

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

A Federação Goiana de Futebol realiza no dia 29 de abril, às 14 horas, o conselho técnico para definir o Campeonato Goiano da Divisão de Acesso, serão dez equipes na primeira fase.

Já está definido que a competição será dividida em dois grupos na primeira fase. O Santa Helena ficará no Grupo A, com Iporá, Rio Verde, Mineiros e Goiânia. No Grupo B, Itumbiara, América de Morrinhos, Caldas Novas, Morrinhos e Novo Horizonte. Com jogos dentro do grupo, em turno e returno.

Classificando quatro times para a segunda fase. Os dois melhores do Campeonato Goiano da Divisão de Acesso sobem para a primeira divisão de 2015.

Fonte: Futebol Goiano 

 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Betim, MG, 31 (AFI) – Ainda falta um mês para o início da Série C do Campeonato Brasileiro, mas a disputa pela terceira divisão está quente, muito quente. Isto porque nesta segunda-feira, a Confederação Brasileira de Futebol conseguiu uma liminar determinando o rebaixamento do Betim, atual Ipatinga, para a Série D do Brasileirão. 

O time mineiro até já figurava na tabela da Série C, mas com um asterisco de “sub júdice”, indicando que o caso ainda estava pendente na Justiça. Caso o time não recorra à instância superior na Justiça comum, terá que disputar a quarta divisão nesta temporada.

A sentença assinada pelo Desembargador Mota e Silva, que compõe a 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Ele proferiu decisão suspendendo os efeitos da decisão de 1º grau do Juízo da 4ª Vara Cível da Comarca de Betim, que impedia a CBF de cumprir a penalidade aplicada pelo STJD de rebaixar do time mineiro.

O Betim foi rebaixado à Série D em novembro do ano passado, por decisão da Terceira Comissão Disciplinar do STJD. O tribunal puniu o time mineiro em virtude do não pagamento de uma dívida ao The Strongest, da Bolívia, referente à transação do atacante Pablo Escobar. A sanção, prevista no Código Disciplinar da Fifa, foi confirmada pelo Pleno em fevereiro deste ano.

O clube, então, acionou a Justiça Comum e a 4ª Vara Cível de Betim concedeu decisão favorável ao clube mineiro. A CBF acatou a determinação e, ainda no mês passado, divulgou a tabela da Série C com a presença do Betim. O STJD, contudo, não aprovou a decisão e decidiu pela suspensão das tabelas tanto da Série C quanto da Série D.

Depois desta decisão, o tribunal recuou e decidiu liberar a publicação da tabela da terceira divisão, confirmando a inclusão do Betim. Pela definição da CBF, que não alterou a programação dos jogos, a equipe mineira fará sua estreia na competição no dia 27 de abril, contra o Cuiabá, fora de casa.

Preparem-se para a guerra!
Em meados de fevereiro, o diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, assinou um documento, que foi publicado no site da entidade, comunicando o rebaixamento do Ipatinga. Na carta , o dirigente afirma estar cumprindo uma determinação do STJD e que, nos próximos dias, publicaria o nome do substituto e os critérios para a substituição, o que não aconteceu. .

Este foi apenas o primeiro capítulo de uma guerra jurídica que deve tomar conta da Série C, nos próximos dias. Com o rebaixamento do Ipatinga, o Crac,que caiu em campo, deveria permanecer na terceira divisão. Se o Tiradentes, quinto colocado da Série D, subir, no entanto, o time goiano deve pleitear a vaga no STJD e, posteriormente, na Justiça Comum.

Fonte: Agência Futebol Interior

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

A Anapolina está fora da final do Campeonato Goiano. O time comandado pelo treinador Alfinete perdeu para o Atlético-GO por 3 a 0, na tarde deste domingo, no estádio Jonas Duarte, em Anápolis, o duelo foi válido pela partida de volta da semifinal do goianão. Os gols do Dragão foram marcados por Lino, Jorginho e Júnior Viçosa.

Com o resultado, o Atlético está classificado para a decisão do Campeonato Goiano, para enfrentar o Goiás, em duas partidas no estádio Serra Dourada, em Goiânia. O primeiro jogo da final será no próximo domingo, às 16 horas. Como fez melhor campanha na classificação geral, o time esmeraldino joga por dois empates, ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols para ser campeão goiano.

Já Anapolina garantiu vaga no Campeonato Brasileiro da Série D desta temporada e Copa do Brasil em 2015.

Apesar do resultado, o presidente executivo da Anapolina Leandro Ribeiro parabenizou o elenco pela campanha do time colorado neste Campeonato Goiano. Segundo o dirigente a Anapolina está voltando a ser um time grande em nível nacional, conquistando vaga no Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

O Atlético abriu o placar aos oito minutos do primeiro tempo. Após cruzamento da esquerda, Juninho não alcançou, mas Lino apareceu para completar de cabeça.

Aos 25 minutos do segundo tempo o Atlético fez o segundo gol.  Jorginho recebeu pelo passe de Juninho, invadiu a área e bateu com categoria, mandando no ângulo do goleiro André Luís.

O Atlético fechou o placar aos 31 minutos do segundo tempo. A zaga da Anapolina falhou, e Júnior Viçosa saiu cara a cara com André Luís, driblou o goleiro e marcou o terceiro do Dragão.

 

Ficha técnica 
ANAPOLINA 0 X 3 ATLÉTICO-GO

 Local: Estádio Jonas Duarte, em Anápolis (GO)

Data: 30 de março de 2014
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wílton Sampaio
Assistentes: Fabrício Vilarinho e Márcio Soares

Renda: R$ 163.027,50

Público: 8.792 pagantes

Gols: Lino 8’ 1T, Jorginho 25’ 2T e Júnior Viçosa 31’ 2T (Atlético)

ANAPOLINA: André Luís; Ceará, Neto, Cris e Rafinha; André, Renato Xavier (Watthimen), Felipe Baiano e Alexandre (Charles); Danilo e Fabrizzyo (Esquerdinha)
Técnico: Alfinete

ATLÉTICO-GO: Márcio; Pedro Bambu, Artur, Lino e Thiago Feltri (Victor Oliveira); Léo, Renan Foguinho, Jorginho (Eusébio) e Fábio Lima; Juninho e Júnior Viçosa (Felipe Brisola)
Técnico: Marcelo Martelotte

 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

O início do Campeonato Brasileiro está previsto para o domingo, dia 20 de julho, o 1º domingo após a Final da Copa do Mundo 2014. Anapolina e Goianésia devem fazer parte do Grupo A5, com o Crac, o Brasiliense e o outro representante do futebol metropolitano.

Já são 27 times classificados para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D.

 

Times já classificados para a série D

– Anapolina/GO (via estadual 2014)
РBara̼nas/RN (rebaixado s̩rie C 2013)
– Boavista/RJ (via copa estadual 2013)
– Brasil de Pelotas/RS (via estadual 2014)
РBrasiliense/DF (rebaixado s̩rie C 2013)
– Cabofriense/RJ (via estadual 2014)
РCENE/MS (campẹo estadual 2013)
– Central/PE (classificado via estadual 2014)
РCRAC/GO (rebaixado s̩rie C 2013)
РGoian̩sia/GO (via estadual 2014)
РGr̻mio Barueri/SP (rebaixado s̩rie C 2013)
– Guarani/SC (via copa estadual)
РInterporto/TO (campẹo estadual 2013)
– Londrina (via estadual 2014)
– Maringá (via estadual 2014)
– Metropolitano/SC (via estadual 2014)
– Operário de Várzea Grande (via estadual 2014)
– Pelotas/RS (via copa estadual 2013)
– Porto/PE (via estadual 2014)
РPrincesa do Solim̵es/AM (campẹo estadual 2013)
РRio Branco/AC (rebaixado s̩rie c 2013)
РSantos/AP (campẹo estadual 2013)
– Serrano (via estadual 2014)
– Tombense/MG (via estadual 2014)
– Villa Nova/MG (via estadual 2014)
– Vitória da Conquista/BA (classificado via copa estadual 2013)

– Ituano/SP (classificado via estadual 2014)

 

Fonte: Futebol Goiano

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

Tudo igual no jogo de ida da fase semifinal do Campeonato Goiano. Em uma partida equilibrada, Goianésia e Goiás empataram por 1 a 1, neste domingo, no estádio Valdeir José de Oliveira, em Goianésia. O lateral-esquerdo Paulo César fez para o Azulão do Vale, enquanto o meio-campista David empatou para o time esmeraldino.

Com isso, a disputa por uma vaga à final ficou para o segundo jogo, que ocorre em Goiânia, no próximo sábado, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 16 horas. Novo empate classifica o time esmeraldino para a decisão do Campeonato Goiano. 

O jogo acabou sendo equilibrado durante os 90 minutos e muitas oportunidades foram criadas pelas duas equipes. Diante disso, o empate acabou sendo justo neste domingo. 

O Goianésia começou com tudo e logo no primeiro minuto, Paulo César fez jogada individual, puxou para a direita e marcou da entrada da área.

 

O Goiás chegou ao empate no segundo tempo. Aos nove minutos, Romerito derrubou Araújo na entrada da área. David cobrou falta com categoria, no canto do goleiro e deixou tudo igual.

Aos dois minutos do segundo tempo o meio-campista Tiago Real foi expulso. O jogador subiu de forma imprudente, acertou o cotovelo em Paulo Vítor e foi expulso.

 

Ficha técnica

GOIANÉSIA 1 X 1 GOIÁS

 

Local: Estádio Valdeir José de Oliveira, em Goianésia

Data: 23/03/2014

Horário: 16 horas

Árbitro: Bruno Rezende

Assistentes: Bruno Pires e Jesmar Miranda

Cartão vermelho: Tiago Real (Goiás)

Renda: R$ 45.260,00

Público: 2.404 pagantes

Gols: Paulo César 1’ 1T (Goianésia); David 9’ 2T (Goiás)

GOIANÉSIA: Paulo Musse; Edson Pelezinho, Luciano, Fábio Silva e Paulo César (Maicon); Paulo Vitor, Márcio Bispo (Bebeto), Romerito e André Beleza; Araújo (Victor Santana) e Nonato

Técnico: Everton Goiano

GOIÁS: Renan; Clayton Sales (Vitor), Valmir Lucas, Pedro Henrique e Lima; Thiago Mendes, David, Ramon e Tiago Real; Araújo (Juliano) e Eric (Carlos Alberto)

Técnico: Claudinei Oliveira

 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte
A  Anapolina deu um grande passo para disputar a decisão do campeonato goiano ao empatar fora de casa com o Atlético no estádio Serra Dourada, em Goiânia,  pelo placar de 1 x 1, no jogo de ida do Grupo D da Fase Semifinal do Goianão. 

Como a Anapolina tem a vantagem da igualdade nos dois confrontos para chegar à Fase Final da competição, para a partida de volta, no domingo, dia 30 de março, às 16:00 horas, no Estádio Jonas Duarte em Anápolis, o time rubro de Anápolis fica com a vantagem de novo empate para tornar-se finalista do Goianão pela 2ª vez na história, ao passo que o Atlético terá que vencer, valendo qualquer placar, para chegar à sua 6ª final consecutiva no Goianão.

 
Foi o 3º confronto entre os dois times no Goianão Chevrolet 2014. Na 1ª Fase, o Atlético havia vencido as duas partidas, 1×0 no 1º Turno em Anápolis e 2×0 no 2º Turno no Estádio Serra Dourada em Goiânia.
 
No 1º tempo, 1×1, gols de Júnior Viçosa aos 11’ para o Atlético, empatando Danilo, de cabeça, aos 42’ para a Anapolina.
 
Gols: Júnior Viçosa 11’ e Danilo (cabeça) (Ana) 42’ do 1º tempo.
 
Árbitro: Elmo Resende. Assistentes: Cristhian Passos e Marco Antônio Moreira.
Renda: R$ 74.180,00. Público pagante: 3.381.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte

No dia 17 de fevereiro foi anunciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva o último rebaixado para a série D do Campeonato Brasileiro. O Betim, de Minas Gerais, foi o alvo dessa sanção por uma dívida ao The Strongest, da Bolívia, referente à transação de um jogador.

Com a queda do time a série C abriria espaço para mais um clube. Muito foi especulado sobre o Clube Recreativo Atlético Catalano (Crac) abocanhar essa vaga, pois, eliminado ainda na primeira fase da competição em nono lugar e com 17 pontos, o time catalano poderia subir uma posição com o regresso do Betim permanecendo na divisão.

Agora, novos impasses podem impedir que o Crac participe da série C. O primeiro a ser observado é que para cumprir o Estatuto do Torcedor em tempo hábil, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) incluiu o Betim, como Ipatinga, na terceira etapa do brasileirão até que seu caso seja julgado em definitivo. O feito favorece o time porque uma vez incluído na lista, a mesma não poderá ser alterada para que não sejam confrontadas cláusulas do próprio estatuto.

Mesmo com problemas com a Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado) o Betim conseguiu, via Justiça Comum, permanecer na divisão em que estava com a reserva de que a entidade máxima do futebol brasileiro entende que o Tigre mineiro “encontra-se sob judice por determinação do STJD”.

E para fugir das penalidades da Justiça Desportiva, outro ponto a ser observado, os dirigentes do Betim conseguiram mudar o nome do clube para Ipatinga Futebol Clube junto à CBF, sua antiga denominação.

Com isso, o time voltou a sua cidade de origem, saindo da cidade de Betim para Ipatinga, arrumou um Centro de Treinamento e até conseguiu um patrocinador de material esportivo.

Mas, agora, surge outro imbróglio. É que uma decisão assinada no dia 27 de fevereiro e publicada pelo presidente do STJD, Flávio Zveiter, determina que a diretoria de Competições da CBF suspenda a publicação da tabela das séries C e D do Campeonato Brasileiro de 2014, até que seja resolvido o conflito entre as decisões do rebaixamento e absolvição do Betim, ou Ipatinga, contando também todo o desenrolar dessa medida. Com a indefinição, o Campeonato Brasileiro da Série C pode acabar repetindo a edição do ano passado incluindo o Crac na disputa, o que pode ser entendido como impossível de acontecer já que a série B também poderia sofrer alterações.

Até novas implicações da Justiça Desportiva o então Ipatinga vai estrear no dia 27 de abril contra o Cuiabá, no grupo A do Nacional fase C. Paysandu, ASA-AL, Salgueiro-PE, Botafogo-PB, Águia de Marabá, CRB-AL, Fortaleza e Treze-PB também então no páreo.

Já o Crac está incluído na quarta divisão do Campeonato Brasileiro, como divulga a própria CBF. Ao todo, 41 times devem participar dessa fase contando com mais dois clubes de Goiás, o Anápolis e o Goianésia.

 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Esporte
 
 
 
Fase Semifinal: 
Jogos de Ida:
 
Dia 22/03/14 – Sábado:
 
 
G. D – Atlético CG x AA Anapolina – 16:00 – Serra Dourada (Goiânia)
 
 
Dia 23/03/14 – Domingo:
G. C – Goianésia EC x Goiás EC – 16:00 – Valdeir José de Oliveira (Goianésia)
 
 
Jogos de Volta:
 
 
Dia 29/03/14 – Sábado:
G. C – Goiás EC x Goianésia EC – 16:00 – Serra Dourada (Goiânia)
 
 
Dia 30/03/14 – Domingo:
G. D – AA Anapolina x Atlético CG – 16:00 – Jonas Duarte (Anápolis)

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
SUBIR PÁGINA