CATEGORIA: Notícia

De acordo com a secretaria de Estado de Saúde (SES-GO), apenas duas de nove vacinas chegaram a mais de 50% dos bebês goianos com até 2 anos. Estas imunizações de rotina previstas pelo Ministério da Saúde têm metas que variam de 90% a 95%.

De acordo com o Ministério, as metas são: BCG (90%); Rotavirus (90%); Meningo C (95%); Pentavalente (95%); Pneumocócia 10 (95%); Poliomielite (95%); Febre amarela (95%); Hepatite A (95%); e Triplice viral (95%).

Em Goiás, entretanto, os números estão muito abaixo: BCG (53,31%); Rotavirus (49,59%); Meningo C (49,37%); Pentavalente (46,72%); Pneumocócia 10 (51,51%); Poliomielite (46,09%); Febre amarela (44,36%); Hepatite A (44,71%); e Triplice viral (48,21%). Os dados são do último dia 20.

A superintendente de Vigilância em Saúde de Goiás Flúvia Amorim disse que os números refletem um comportamento iniciado por volta de 2015/2016. Segundo ela, muitos pais acham que não é necessário proteger os filhos contra determinadas doenças, pois não veem mais casos – justamente por causa das vacinas.

Contudo, este é apenas um dos fatores apontados pela superintendente. Ela também observa 0 movimento antivacina, “que vem acompanhado de fake news sobre o assunto”.  “Ano a ano a vacinação tem caído e com a pandemia piorou muito. Não cumprimos nenhuma das metas das vacinas de rotina e nem nas de campanha, como da influenza”, lamenta.

Ela relatou, ainda, que doenças que já estavam erradicadas no País voltaram a aparecer por causa disso. Ela cita que, em Goiás, houve um caso de difteria este ano. Antes disso, em 1998. “Este de 1998 eu atendi como recém-formada. Agora, décadas depois eu atendo outro”, pontua.

Agência Brasil 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

A Polícia Militar (PM) resgatou um idoso de 61 anos que trabalhava há mais de quatro anos em uma fazenda de Pirenópolis e recebia apenas comida como pagamento.

Uma denúncia anônima no último sábado fez com que os militares chegassem ao local. A vítima  de trabalho análogo à escravidão foi encontrada vivendo em um celeiro junto com ferramentas, selas e moedor de cana.

Em cenário de completa insalubridade, o idoso ainda tomava banho em uma torneira do lado de fora e fazia suas necessidades atrás de um curral.

A reportagem do Mais Anápolis apurou que o proprietário da fazenda , um homem de 42 anos, argumentou aos policiais, que o idoso chegou ao local pedindo moradia e devido à isso, lhe ofereceu o celeiro.

A PM ainda encontrou munições na fazenda e prendeu em flagrante o dono do lugar. Conduzido a Central de Flagrantes, o fazendeiro responderá pelos crimes de redução ao trabalho análogo à escravidão e posse irregular de arma de fogo.

O idoso foi encaminhado ao Hospital Municipal de Pirenópolis por conta de feridas abertas no rosto.

Por Mais Goiás

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Débitos pendentes podem levar ao recolhimento do veículo, mesmo que licenciamento esteja em dia_

O licenciamento do veículo não compreende apenas o pagamento de taxas e impostos. Restrições por pendências de vistorias, comunicação de venda ativa e multas vencidas na base nacional RENAINF (emitidas por órgãos de trânsito federais e estaduais de unidades diferentes da localidade do veículo) são exemplos de situações que bloqueiam a emissão do documento.

Quando isso acontece, o veículo consta como não licenciado e, consequentemente, é retido e recolhido ao pátio, em caso de fiscalização. Esta é uma situação recorrente durante as fiscalizações cotidianas nas rodovias federais e os condutores acabam tendo sua viagem interrompida.

Para que os motoristas evitem este transtorno, a PRF orienta que façam o planejamento da viagem com antecedência e verifiquem a situação do veículo no site (www.detran.go.gov.br) ou aplicativo do Detran (Detran GO On), confirmando que o CRLV-e está liberado para ser emitido.

Divulgação/PRF

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Um ciclista de 16 anos morreu na madrugada desta segunda-feira (27) em Jaraguá, região Central de Goiás.

O adolescente perdeu o controle da bicicleta em que estava e bateu contra um ônibus em frente à Rodoviária da cidade, na Avenida Bernardo Sayão, na noite de sábado (25).

A vítima foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Estadual de Jaraguá (HEJA). No local, o jovem permaneceu em estado grave e precisou ser transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de outro hospital, onde morreu.

O adolescente cursava o 9º ano do Ensino Fundamental no Centro de Ensino em Período Integral São José. A unidade escolar publicou nota de pesar nas redes sociais em que lamenta a morte do garoto e suspende as aulas nesta segunda.

Por Mais Goiás

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Um jovem de 22 anos foi preso nesta segunda-feira (27) suspeito de estuprar a enteada de 7 anos em Trindade, na Região Metropolitana de Goiânia. A menina assistiu a uma palestra na escola sobre abuso infantil e decidiu contar o crime à professora, que, por sua vez, denunciou à Polícia Civil.

O nome do padrasto não foi divulgado pela polícia. Por isso, o g1 não localizou a defesa para se manifestar sobre a prisão.

A delegada Cássia Borges contou que a criança era abusada sexualmente durante a noite, enquanto a mãe dela dormia.

“No dia 18 de maio, a escola estava fazendo palestra sobre abuso sexual. A vítima espontaneamente contou para a professora que era abusada pelo padrasto, que ela chama de pai”, esclareceu a delegada.

Depois da denúncia, a criança passou por exames psicológicos. O laudo apontou que a menina foi abusada sexualmente, conforme explicou a delegada.

Embora a investigação estivesse em andamento, a menina ainda morava com o padrasto. Por isso, a delegada Cássia Borges pediu a prisão preventiva dele.

G1 Goiás

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou três mortes e quatro feridos nos 17 acidentes ocorridos nas rodovias federais que cortam Goiás, neste fim de semana. Além das infrações de trânsito e demais crimes que resultaram em oito prisões, os agentes fiscalizaram 1.569 veículos e 1.931 pessoas de sexta-feira (24) a domingo (26).

Acidentes com mortes nas rodovias federais de Goiás

O primeiro acidente com vítima fatal foi registrado às 16h35 de sexta, no km 263 da BR-060, quando um Hyundai HB20 saiu da pista e capotou. O motorista de 46 anos não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local.

Por volta das 19h do mesmo dia, foi registrado outra saída de pista seguida de capotamento no km 315 da BR-364, em Mineiros. O passageiro, que não foi identificado, morreu. A outra vítima, de 42 anos, que conduzia um Ford Fiesta foi encaminhada ao hospital com ferimentos graves.

Ainda na sexta, um homem em situação de rua foi atropelado ao atravessar a BR-060, em Rio Verde. O acidente aconteceu por volta das 23h45, no km 384, e a Polícia Técnico-Cientifica esteve no local para realizar a perícia. O motorista que provocou o atropelamento fugiu do local sem prestar socorro e até o momento não foi identificado.

Infrações de trânsito
Os policiais ainda aplicaram 471 autuações por infrações de trânsito. Dessas,  16 flagrantes de motoristas e passageiros que trafegavam sem o uso do cinto de segurança. Outros 83 condutores realizaram ultrapassagens proibidas e 35 motoristas reprovaram no teste do bafômetro.

Divulgação/PRF

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Os bombeiros encontraram o corpo do policial civil Natair Melo na manhã desta segunda-feira (27). Ele estava desaparecido há três dias após a canoa em que estava afundar no Lago Serra da Mesa, em Campinaçu, com mais três amigos. Dois se salvaram nadando até a margem, mas Natair e o bombeiro Francisco Roque desapareceram na água.

As buscas continuam para encontrar o subtenente aposentado dos bombeiros do Distrito Federal (DF) Francisco Roque Araújo. A canoa também não foi encontrada.

Natair Melo era policial civil no DF. Ele saiu de canoa na sexta-feira (24) para pescar com amigos, mas a embarcação afundou. A Marinha do Brasil investiga o naufrágio.

O coronel dos bombeiros Ary Dutra informou que o corpo foi achado boiando no lago, por volta de 6h, assim que as buscas foram retomadas nesta segunda-feira.

Atualmente, 28 militares trabalham nas buscas. Os quartéis de Goiânia, Anápolis, Goianésia, Minaçu, Uruaçu e bombeiros de Brasília enviaram 23 mergulhadores, sendo 11 de Goiás e 12 do DF. A Marinha colocou quatro mergulhadores para ajudar nos trabalhos.

À noite os mergulhos param, mas o trabalho segue com um sonar. Os bombeiros explicaram que o equipamento fica submerso, mas operado de dentro do barco. Se o material emitir algum sinal compatível com as buscas, os militares verificam o que é.

G1 Goiás

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

A taxa de ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dobrou desde março nas unidades da rede estadual. Naquele mês, o percentual girava em torno de 39% e atualmente está em 86%.

O aumento de casos da doença se deve ao retorno de eventos e shows, além das temperaturas baixas, apontam especialistas. O cenário fez com que o número de leitos fossem ampliados peo Estado. 

Na semana de 6 a 12 de junho, Goiás atingiu recorde no número de casos em somente uma semana, com mais de 11 mil casos da doença.

No último dia 6, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) anunciou o acréscimo de 101 leitos na rede estadual para pacientes com Covid-19 – 66 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 35 de enfermaria. 

Com a mudança de perfil de leitos gerais para suportes específicos para pacientes com Covid-19 e a abertura de novos, o Estado passou a oferecer 176 leitos destinados ao enfrentamento da doença – sendo 116 leitos de UTI e 60 de enfermaria. Os novos leitos serão implantados nos próximos dias.

De acordo com a secretaria, a ampliação é uma estratégia diante do atual cenário epidemiológico, com alta sazonal do número de casos da Covid-19, influenciada pelo clima frio, e também pelo aumento do número de solicitações de internações para casos suspeitos da doença, que necessitam de isolamento.

“Serão 20 novas vagas de UTI Covid em unidades da rede estadual em Itumbiara, 20 em Uruaçu, 16 em Goiânia e 10 em Nerópolis. Já os leitos de enfermaria para o tratamento da doença terão acréscimo de 15 novas vagas em Nerópolis, 10 em Goiânia e 10 em Uruaçu”, explica. 

O superintendente de vigilância, Yves Mauro

Ternes explica que a retomada de eventos e as baixas temperaturas contribuem para aumento de casos confirmados. Com isso, a aglomeração com ambientes propícios à propagação do vírus aumentam a cadeia de transmissão.

Atualmente, a maior preocupação gira em torno do aumento da média da taxa de internações no município. Para amenizar os casos, a população deve se conscientizar, avalia o superintendente.

A orientação é reduzir a transmissão com o uso de máscaras em ambientes onde não é possível manter o isolamento social. 

*Com informações Jornal o Hoje 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

A mãe e o padrasto de um menino de 4 anos foram presos por suspeita de torturarem a criança em Araguari. As investigações ocorrem desde a última terça-feira (21) e a prisão foi na sexta-feira (24).

Segundo a Polícia Civil, tanto a mãe quanto o padrasto têm 19 anos de idade. Eles foram presos a partir do cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Justiça.

A ocorrência teve início na terça-feira, quando o Conselho Tutelar acionou a Polícia Civil que começou a investigar o caso. Foi feito um atendimento médico na criança e constatadas lesões na cabeça, rosto, barriga, costas e pernas.

Ainda conforme a polícia, as investigações apontam que a criança era agredida com um pedaço de fio de energia elétrica e que o padrasto colocou pimenta nos órgãos genitais do garoto. A mãe também foi presa por suspeita de tortura, pelo fato de ser conveniente com as agressões.

A criança foi entregue em segurança para outros familiares, enquanto os dois envolvidos foram presos. As investigações seguem para apurar mais informações.

G1 Triângulo Mineiro 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Polícia Militar (PM) prendeu um homem suspeito de colocar fogo na própria casa depois de discutir com a esposa, no município de Jesúpolis, situado no Cento de Goiás. O crime aconteceu nesta sexta-feira (24).

De acordo com os militares, foi a própria esposa do suspeito quem acionou a equipe policial.

Ela contou que, por volta das 20 horas, estava com o companheiro na residência de um familiar, mas que por um motivo banal iniciaram uma discussão que evoluiu para ameaças e xingamentos.

“Você vai saber do que sou capaz”, disse o homem para a esposa antes de incendiar o imóvel.

Divulgação – PM

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Realizado na noite de ontem (25) em Campina Grande, na Paraíba, o concurso 5.881 da Quina, a Quina de São João, teve 11 ganhadores. Cada um receberá R$ 17.813.226,63.

Veja as dezenas sorteadas:

35 – 36 – 49 – 75 – 80

Outras 2.026 apostas levaram a quadra, que pagará R$ 7.045,11 para cada vencedor. Para bilhetes com três números corretos, o prêmio é de R$ 87,18, enquanto apostas que acertaram apenas dois números receberão R$ 3,34.

O maior prêmio dado pela Quina de São João continua sendo o realizado em junho de 2021, quando a Caixa ofereceu R$ 204.813.741,28. Este foi o segundo maior prêmio pago pelo concurso desde sua criação.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
SUBIR PÁGINA