Três homens suspeitos de integrar uma quadrilha especializada na explosão de caixas eletrônicos em Goiás foram apresentados pela polícia nesta quarta-feira (20/2). A polícia afirmou que o grupo está ligado aos assaltos nas agências bancárias de Goiânia, Itaberaí e Minaçu.

Os suspeitos foram identificados, e o chefe da quadrilha está preso e vai cumprir medidas administrativas na unidade prisional. Conforme as informações divulgadas pela polícia outros três integrantes do grupo já foram identificados.

O delegado do Grupo Antirroubo a Banco da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GAB/DEIC) Samuel Moura explicou que o grupo era bastante organizado, pois cada um tinha uma função específica dentro da quadrilha.

A ação que terminou com a prisão dos integrante da quadrilha foi em conjunto entre Polícia Civil e Polícia Militar do Estado de Goiás (PCGO e PMGO). Conforme as informações divulgadas pela polícia, durante a operação foi apreendido um veículo e vários explosivos.

Quadrilha especializada na explosão de caixas eletrônicos é quinta a ser desarticulada no Estado neste ano

O trabalho em conjunto entre PC e PM possibilitou que nestes dois primeiros meses do ano, pelo menos cinco quadrilhas especializadas na explosão de caixas eletrônicos fossem desarticuladas. A primeira dela foi registrada em janeiro deste ano, quando nove pessoas foram presas suspeitas dos ataques aos bancos de Goianésia, Morrinhos e Nova Crixás.

A outra quadrilha foi presa no mês corrente, em mais uma ação conjunta das forças policiais do Estado. Conforme as informações da polícia, o grupo é responsável por roubos no Entorno do Distrito Federal.

Na semana passada uma equipe das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM) além de impedir a explosão de caixas eletrônicos em uma agência do Banco do Brasil, em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital, desarticulou outro grupo. No último sábado, a ROTAM mais uma vez desarticulou outra organização criminosa. De acordo com a polícias os suspeitos dessa quadrilha vieram do Pará para cometer os crimes em Goiás.

Fonte: Dia online 

POST: admin

CATEGORIA: Notícia

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail

Você pode deixar qualquer resposta para este post através de RSS 2.0 Deixe uma resposta, ou trackback.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

*

*