ÔĽŅ

¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬†Ex-marido √© suspeito de matar professora Shellyda Duarte na frente dos filhos pequenos por n√£o aceitar¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬†fim da rela√ß√£o ‚ÄĒ Foto: Reprodu√ß√£o/Facebook

Uma professora de 31 anos foi morta a tiros quando sa√≠a de casa, em Luzi√Ęnia, no Entorno do Distrito Federal. Shellyda Santos Duarte foi atingida por ao menos seis tiros. Segundo a Pol√≠cia Civil, o crime foi cometido pelo ex-marido dela, o serralheiro M√°rcio Ordones da Silva, 41, na frente dos dois filhos pequenos do casal e da sogra, por ele n√£o aceitar o fim do casamento. Em seguida, o homem fugiu.

O homicídio ocorreu por volta das 19h de segunda-feira (24). De acordo com a delegada Dilamar de Castro, a professora e os familiares estavam saindo de casa quando ela foi abordada pelo ex-marido.

Antes de fugir, conforme a delegada, M√°rcio afirmou para a sogra que “iria atr√°s” da outra pessoa que estaria se relacionando com Shellyda.¬†A filha mais velha da professora correu at√© uma casa vizinha para pedir socorro. Com ferimentos no t√≥rax e abd√īmen, ela chegou a ser socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas n√£o resistiu aos ferimentos.

A pol√≠cia afirmou que o casal j√° estava separado h√° cinco anos, mas que ele nunca aceitou o t√©rmino. Conforme revela Dilamar, M√°rcio j√° foi denunciado v√°rias vezes por viol√™ncia dom√©stica e at√© usava tornozeleira eletr√īnica justamente por descumprir uma medida protetiva em favor da professora.¬†A delegada disse que existe a suspeita de que Shellyda estava gr√°vida, mas que √© necess√°rio a emiss√£o do laudo pericial para confirmar ou n√£o a informa√ß√£o.

Fonte: G1 Goi√°s

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail

Você pode deixar qualquer resposta para este post através de RSS 2.0 Deixe uma resposta, ou trackback.

DEIXE SEU COMENT√ĀRIO

*

*