ÔĽŅ

Os planos de sa√ļde passam a ser obrigados a partir desta segunda-feira a cobrir a realiza√ß√£o de teste sorol√≥gico para o novo coronav√≠rus, de acordo com resolu√ß√£o publicada pela Ag√™ncia Nacional de Sa√ļde Suplementar (ANS).

O exame sorológico, também conhecido como teste rápido, detecta a presença de anticorpos produzidos pelo organismo após exposição ao vírus, sendo indicado a partir do oitavo dia de início dos sintomas.

Antes desse per√≠odo, o teste recomendo √© o feito atrav√©s de biologia molecular, o chamado RT-PCR, que detecta se o v√≠rus est√° agindo no organismo do paciente. Esse exame j√° tinha cobertura obrigat√≥ria determinada pela ANS quando o paciente se enquadra na defini√ß√£o de caso suspeito ou prov√°vel de Covid-19 definido pelo Minist√©rio da Sa√ļde.

De acordo com a ANS, o teste r√°pido ter√° cobertura obrigat√≥ria dos planos de sa√ļde nos casos em que o paciente apresente ou tenha apresentado quadros cl√≠nicos condizentes com casos de s√≠ndrome gripal ou s√≠ndrome respirat√≥ria aguda grave.

A decis√£o foi tomada na √ļltima quinta-feira, em reuni√£o da Diretoria Colegiada da ANS, e passa a valer a partir desta segunda, informou a ag√™ncia em comunicado, acrescentando que a medida atende decis√£o judicial relativa a uma a√ß√£o civil p√ļblica.

Desde o in√≠cio da pandemia, a baixa capacidade de realizar testes √© apontada como uma das principais fraquezas do Brasil para enfrentar o novo coronav√≠rus. Na semana passada, a Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS) apontou para uma subnotifica√ß√£o de casos no pa√≠s devido √† pouca testagem.

O Brasil √© o segundo pa√≠s do mundo com o maior n√ļmero de casos confirmados da doen√ßa respirat√≥ria provada pelo novo coronav√≠rus, com mais de 1,3 milh√£o de infec√ß√Ķes, e tamb√©m o segundo com mais mortes, com 57.622 √≥bitos registrados at√© domingo. Apenas os Estados Unidos t√™m mais casos e mortes por Covid-19.

CATEGORIA: Notícia

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail

Você pode deixar qualquer resposta para este post através de RSS 2.0 Deixe uma resposta, ou trackback.

DEIXE SEU COMENT√ĀRIO

*

*