CATEGORIA: Notícia

O preço da gasolina subiu pela quinta semana seguida, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O valor médio do litro passou de R$ 7,295, na semana passada, para R$ 7,298, nessa semana, marcando novo patamar médio recorde no varejo. Segundo a ANP, o aumento ocorreu na terceira casa decimal do preço da gasolina. Desde janeiro, o avanço é superior a 9,3% nas bombas.

Já o diesel subiu pela quarta semana seguida, passando de R$ 6,630 para R$ 6,847 – também em patamar recorde. É alta de 3,27% na semana. No ano, aumento é superior a 24%.

Nesta sexta-feira, o governo apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação contra a política de ICMS dos estados sobre diesel Bolsonaro havia anunciado em live nas redes sociais que iria à Justiça.

Apesar de o presidente afirmar que uma mudança no ICMS poderia levar à redução nos preços, especialistas avaliam que isso não é garantido. Desde o início do governo Bolsonaro, o litro do diesel nas bombas já subiu 111%.

Defasagem em gasolina chega a 22%

A ação ocorreu após Bolsonaro ter demitido o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Para seu lugar, foi nomeado Adolfo Sachsida, que trabalhou com Paulo Guedes no Ministério da Economia.

Apesar do aumento dos preços na bomba e do reajuste de 8,87% no diesel anunciado pela no último dia 9, especialistas lembram que o preço ainda está defasado.

Dados da Abicom, que reúne os importadores de combustíveis, apontam que nesta sexta-feira a defasagem está em 10% (R$ 0,57 por litro) no diesel.

Já a gasolina está com uma defasagem de 22%, de R$ 1,07 por litro. É a maior defasagem na gasolina desde o dia 9 de março, quando a diferença chegou a 30% (R$ 1,41 por litro).

Agência o Globo

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

O prêmio para o Concurso 2.481 da Mega-Sena, a ser realizado na noite deste sábado (11), é estimado em R$ 35 milhões.

O sorteio das dezenas será às 20h, no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal.

A aposta simples, em que o jogador escolhe seis dezenas, custa R$ 4,50. A máxima, com 15 números, fica em R$ 22.522,50.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

As secretarias estaduais e municipais de Saúde registraram 25.609 novos casos de covid-19 em 24 horas em todo o país.

De acordo com as secretarias, foram confirmadas também 125 mortes por complicações associadas à doença.

Os dados estão na atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta sexta-feira (13).
Com os novos dados, o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus durante a pandemia chegou a 30.664.739.

O número de casos de covid-19 em acompanhamento está em 288.221. O termo é usado para designar casos notificados nos últimos 14 dias que os pacientes não tiveram alta, nem resultaram em óbito.

Com os números de hoje, o total de mortes chegou a 664.780. Ainda há 3.194 mortes em investigação. As ocorrências envolvem casos em que o paciente faleceu, mas a investigação sobre a causa, se foi covid-19, ou não, ainda demanda exames e procedimentos complementares.

Até agora, 29.711.738 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 97% dos infectados desde o início da pandemia.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, o estado que registra mais mortes por covid-19, até o momento, é São Paulo (168.617).

Em seguida, aparecem o Rio de Janeiro (73.632), Minas Gerais (61.410), o Paraná (43.180) e o Rio Grande do Sul (39.375).

Agência Brasil

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

O coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar, afirmou que, caso o presidente Jair Bolsonaro (PL) “ouse pautar a privatização da Petrobras”, a categoria entrará imediatamente em greve. O petroleiro frisou ainda que esta seria “a maior greve da história da categoria”.

“Em vez de buscar um bode expiatório para enganar a população, fingindo preocupação, Bolsonaro deveria assumir o papel de mandatário e acabar com essa política de preços covarde, que vem levando o povo cada vez mais à miséria. Bolsonaro: você vai ver a maior greve da história da categoria petroleira caso ouse pautar a privatização da Petrobras”, defendeu o representante da categoria.

A fala é uma dura reação do setor às recentes declarações do presidente e de sua equipe econômica, que sinalizaram, nos últimos dias, a intenção de desenvolver estudos sobre a desestatização da empresa. Interlocutores apontam que a ida de Adolfo Sachsida para o Ministério de Minas e Energia seria uma estratégia para dar celeridade aos levantamentos.
O economista é um dos braços direitos do ministro da Economia, Paulo Guedes, e assume o comando da pasta após a exoneração de Bento Costa Lima Leite de Albuquerque, que foi retirado da chefia do ministério frente à insatisfação de Bolsonaro com as medidas para frear as altas recorrentes nos preços dos combustíveis.

Em sua primeira fala como ministro, Sachsida defendeu que pautará sua gestão na prioridade de ações para privatização da estatal. “Meu primeiro ato como ministro será solicitar ao ministro Paulo Guedes, presidente do Conselho do PPI, que leve ao conselho a inclusão da Petrobras no PND [Programa Nacional de Desestatização] para avaliar as alternativas para sua desestatização”, declarou.

Nessa quinta-feira (12/5), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou que a desestatização “não está no radar”. O senador ainda reconheceu a importância da Petrobras como ativo nacional. “Temos que reconhecer que estatal é ativo nacional, é uma empresa bem-sucedida que precisa ser valorizada”, disse.
Por Metrópoles 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

A Polícia Militar apreendeu, na manhã desta sexta-feira (13), uma grande quantidade de drogas no Bairro Ipanema, em Uberlândia. Duas mulheres foram presas durante a ação.

De acordo com o sargento da PM, Aparecido Carrijo Filho, a apreensão ocorreu após uma denúncia anônima. Ele explica que a droga já estava pronta para a venda no momento da apreensão.

“A denúncia apontou que as moradoras de uma residência praticavam a venda de drogas na rua e nas proximidades do local abordado”, explica o sargento.

No local, foram recolhidas porções de ecstasy, haxixe e maconha, além de balanças de precisão, uma faca e um telefone celular. O peso total do montante apreendido ainda não foi contabilizado.

As duas suspeitas foram encaminhadas para a delegacia e responderão pelo crime de tráfico de drogas. Ainda segundo a PM, a dupla já tinha passagem policial por posse uso de drogas.

G1 Triângulo Mineiro

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) intensifica a Balada Responsável neste final de semana. Serão realizadas blitzes simultâneas em diferentes pontos da capital com o intuito de coibir a combinação de álcool e direção. Durante as ações, educadores de trânsito distribuirão material educativo e alertarão os condutores para os perigos do desrespeito às leis de trânsito. 

As blitzes educativas precedem a fiscalização e serão realizadas nesta sexta-feira, das 19h à 0h, no sábado, das 18h à 0h e no domingo, das 16h às 20h, em locais estratégicos da capital. Já as ações fiscalizatórias ocorrerão em diversos pontos e horários. 

A Balada Responsável acontece diariamente com ações de educação e de fiscalização. O programa tem o objetivo de sensibilizar os condutores para a adoção de comportamentos seguros no trânsito e de coibir a circulação de condutores embriagados, contribuindo para a segurança no trânsito. Neste ano, 6.056 condutores foram autuados por dirigir sob o efeito de álcool. O número já corresponde quase a metade dos registros feitos em 2021, quando ocorreram 12.183 flagrantes. 

O etilômetro utilizado pelo Detran-GO possui bocal descartável com a tecnologia “one way”, o que elimina o risco de contaminação. Esse modelo não deixa o ar retornar ao bocal, evitando que o condutor aspire qualquer partícula presente no aparelho, que é higienizado a cada teste. 

Tolerância zero

O condutor flagrado dirigindo sob o efeito de álcool ou que se nega a fazer o teste do bafômetro é autuado administrativamente. Terá que pagar multa no valor de R$ 2.934,70 (podendo dobrar em caso de reincidência) e responderá processo que pode resultar na suspensão de 12 meses do direito de dirigir. O veículo também fica retido até que seja apresentado um outro motorista habilitado. 

Caso seja constatada a embriaguez, quando o bafômetro acusar valor igual ou superior a 0,34 miligramas por litro de ar (descontada a margem de erro) ou se o exame de sangue marcar resultado igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue (6 dg/L), o motorista é enquadrado em crime de trânsito. Além das punições administrativas, ele é preso em flagrante.

Foto: Detran

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

O adolescente Benedito Cavalcante Dantas, de 17 anos, morreu após levar um choque em Jataí, no sudoeste de Goiás. De acordo com o boletim de ocorrência, o menino estava trabalhando lavando um carro quando recebeu a descarga elétrica.

“Ela [a testemunha] disse que ele estava usando uma bota de borracha, mas tirou pois estava machucando, ele colocou um chinelo, mas logo após tomou o choque elétrico”, descreveu o boletim de ocorrência.

Benedito morreu na tarde da última quinta-feira (12), na casa de um cliente. À TV Anhanguera, o responsável pela empresa de lavagem de carros contou que o adolescente trabalhava com eles há três meses e o equipamento que ele usava já tinha sido utilizado na manhã do acidente, mas não apresentou problemas.

De acordo com o delegado Marlon Souza Luz, a Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o caso. O investigador explicou que é preciso analisar a parte técnica do equipamento utilizado e as condições do local de trabalho.

G1 Goiás/Foto: Reprodução/TV Anhanguera

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Uma operação conjunta entre a Polícia Militar de Goiás (PMGO) e do Mato Grosso (PMMT) apreendeu, na quinta-feira (22), uma carga de cocaína avaliada em quase R$ 1 milhão, na região Sudoeste de Goiás. A ação policial também resultou na prisão de um homem, que receberia R$ 250 mil pelo transporte do entorpecente.

De acordo com informações do Comando de Operações de Divisas (COD), a droga era oriunda de Mato Grosso e foi apreendida dentro de um carro, que tinha como destino o Estado de São Paulo.

Ainda segundo a corporação, foram encontrados 25 kg de pasta base de cocaína, avaliados em R$ 800 mil.
O condutor do veículo declarou que receberia R$ 250 mil após entregar os ilícitos a uma organização criminosa paulista.

A droga, o veículo, bem como o detido foram encaminhados à delegacia da cidade de Chapadão do Céu.

Divulgação/PM

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Um homem de 31 anos foi preso, na noite de quinta-feira (12), após furtar uma ambulância em frente ao Hospital Municipal de Bela Vista de Goiás, região metropolitana de Goiânia.

Polícia Militar a tempo de localizar o veículo e o suspeito a mais de 50 km da unidade de saúde. O homem, que apresentava sinais de embriaguez, foi encaminhado para a delegacia.

De acordo com a polícia, o motorista da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) estacionou o veículo em frente ao hospital e entrou na unidade. O suspeito, que passava pelo local, entrou no veículo e seguiu pela rua Inácio Pinheiro.

A equipe do hospital percebeu o furto e acionou a polícia militar. Agentes fizeram buscas e localizaram veículo e suspeito.

Ambulância foi levada de volta para o hospital e entregue ao motorista. Autuado por furto, o suspeito não conseguiu explicar o motivo de levar o veículo.

Mais Goiás

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Notícia

Catalão pode registrar até 3ºC na semana que vem, com a chegada de uma nova frente fria no Brasil. É o que indica o gerente do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), André Amorim. De acordo com o especialista, o sudoeste do estado será a região com as menores temperaturas, de até zero grau a até -2ºC, devido a posição geográfica.

A onda de frio é causada por uma massa de ar polar, que virá do sul do país. Conforme os boletins do Cihmego, as temperaturas devem cair a partir de terça-feira (17). Na quinta-feira (19), será o dia com o menor registro da semana.

“Para essa semana teremos um friozinho, principalmente pela manhã, mas nada demais. A partir do final de semana, até terça-feira (17), vem subindo uma massa de ar frio mais forte. Em algumas regiões pode, inclusive, chover, mas com pouco volume. Já na quinta-feira da semana que vem, aí sim, poderemos ter temperaturas bem mais baixas. Em Jataí, Mineiros há previsão de zero grau ou até temperaturas negativas, de -1ºC ou -2ºC”, afirma André.

Vale ressaltar que estes são prognósticos analisados nesta semana, que podem sofrer variações e, com isso, alterar também as previsões de temperatura. De qualquer forma, o especialista reforça: “Tirem os casacos do armário!”.

Previsão para quinta-feira, 19 de maio

  • Goiânia: 5ºC
  • Jataí: 0ºC, podendo chegar a -1 ou -2ºC
  • Mineiros: 0ºC
  • Cristalina: 2ºC
  • Aragarças: 3ºC
  • Porangatu: 9ºC
  • Rio Verde: 1ºC
  • Anápolis: 4º C
  • Águas Lindas de Goiás: 5ºC
  • Luziânia: 2ºC
  • Catalão: 3ºC
  • Itumbiara: 4ºC

Por Mais Goiás

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Acidente

Um acidente entre um veículo escolar e um carro deixou duas pessoas mortas perto de Alto Paraíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. A prefeitura da cidade informou que as vítimas são a estudante Ana Luysa Rodrigues de Jesus, de 10 anos, e o motorista da Kombi Osvaldir Rodrigues Pereira, de 67 anos. Segundo o município, outros dois estudantes ficaram feridos.

A Prefeitura de Alto Paraíso de Goiás divulgou uma nota lamentando o acidente. Segundo o município, a Kombi escolar era terceirizada e prestava serviços transportando de alunos estudantes da zona rural. A prefeitura disse ainda que está “prestando todo o apoio e assistência às famílias das vítimas desta tragédia”.

O acidente aconteceu no começo da tarde desta quinta-feira (12), na GO-118, no quilômetro 135, entre Alto Paraíso de Goiás e São João d’Aliança. O Corpo de Bombeiros disse que foi acionado às 12h21.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que a colisão foi entre um veículo escolar e um Fiat Toro. Segundo a PRE, o motorista da Kombi ficou preso às ferragens e a menina foi arremessada para o lado de fora do veículo.

Ainda segundo a prefeitura, as duas pessoas que ficaram feridas são: um estudante de 20 anos, que recebeu os primeiros atendimentos no Hospital Municipal de Alto Paraíso e depois foi transferido para o um hospital de Brasília; e um estudante de 9 anos, que sofreu ferimentos leves e já recebeu alta.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher os corpos.

G1 Goiás 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
SUBIR PÁGINA