ÔĽŅ

CATEGORIA: Cidade

Desde o √ļltimo s√°bado (18), os Ribeirinhos que vivem pr√≥ximo as bacias do Ribeir√£o Samambaia vem realizando protestos. As alega√ß√Ķes s√£o de que, eles est√£o tendo o seu direito de sobreviv√™ncia tirado. Primeiro foram lacradas as bombas, as quais eram utilizadas para irriga√ß√£o de suas hortali√ßas, em seguida iniciaram os estouros as represas, que segundo a SAE, estavam resguardados em uma ordem judicial para que, os testes fossem realizados.¬†

Nesta semana os integrantes do Movimento Campon√™s Popular (MCP) e os Ribeirinhos protestaram in√ļmeras vezes na porta do Pal√°cio Pirapitinga, onde em um deles, iniciado ontem, os manifestantes colocaram em exposi√ß√£o na porta da prefeitura, as suas perdas com as a√ß√Ķes que foram tomadas contra eles.

Os manifestantes também levantaram acampamento na porta da prefeitura, os quais exigem o ressarcimento dos prejuízos, que segundo os próprios Ribeirinhos chegam até R$. 50 mil reais.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Cidade

Você precisa de formatar seu computador, é com a Byte Informatica em menos de 24 horas.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail

Confira o que é melhor para sua família e faça um orçamento sem compromisso.

Facilitamos o seu pagamento

Ligue (64) 3411 ‚Äď 7266 ¬†I ¬†(64) 9623 ‚Äď 4759

+ Seguran√ßa¬†–¬†Rua Fran√ßa, 320¬†¬†– ¬†Vila Chaud

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Política

Vereadores da base aliada n√£o aparecem na C√Ęmara Municipal de Catal√£o e a vota√ß√£o dos projetos s√£o adiados.

Aconteceu hoje (23) na C√Ęmara Municipal de Catal√£o a 37¬™ Sess√£o Ordin√°ria de 2014.¬†A sess√£o visou a vota√ß√£o dos projetos de lei n¬ļ 108/14, de autoria do Prefeito Municipal, o qual ‚ÄúDisp√Ķes sobre o pagamento de incentivo por desempenho para profissionais das equipes de aten√ß√£o b√°sica contratualizando a PMAQ, e d√° outras provid√™ncias‚ÄĚ e do Projeto de Decreto legislativo n¬ļ 13/14, de autoria da Mesa Diretor da C√Ęmara dos vereadores de catal√£o/GO, o qual ‚ÄúAprova as contas do Poder Executivo Municipal que menciona e d√° outras provid√™ncias‚ÄĚ.

A vota√ß√£o por√©m, n√£o aconteceu. Os vereadores Paulo C√©sar (PMDB), Donizete (PSC), Aur√©lio Campos (PP), Jo√£o Ant√īnio(PSDB), Pedrinho Henrique (PSD), Leonardo Bueno(PSC) e Silvano Mec√Ęnico(PR), n√£o apareceram para que a sess√£o transcorresse e os projetos fossem votados.

Com isso, o presidente da casa Deusmar Barbosa encerrou a sessão, sob a justificativa de que é necessária a presença de no mínimo 9 vereadores na bancada para que um projeto fosse votado e nesta tarde haviam apenas 7 vereadores (Paulinho (PMN), Regina Félix (PSDB), Jurandir (PMDB), Gilmar (PMDB), Vanderval Florisbelo (PMDB), Sargento Anísio (PMDB) e Daniel Do Floresta (PMDB).

‚ÄúEncerro esta sess√£o de hoje e identifico como sendo desrespeitosa a aus√™ncia dos vereadores. Espero que na pr√≥xima sess√£o, todos os vereadores estejam presentes, pois se n√£o estiverem, nenhum projeto mais ser√° votado aqui nesta casa‚ÄĚ, encerrou Deusmar Barbosa.¬†

Fonte: Portal Catal√£o

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Cidade

Os moradores de Catalão, enfrentaram nesta quarta-feira (22) o primeiro dia de racionamento de água no município. A medida foi adotada devido a estiagem que atingiu a cidade. Muitas pessoas tiveram que ficar acordados durante toda a noite esperando a água chegar às torneiras para encher a caixa d’água e baldes. A água só chega aos bairros a cada dois dias.

Em um dos bairros de Catal√£o, moradores ficaram 10 dias sem √°gua. Nesta madrugada, o abastecimento voltou ao normal por cerca de tr√™s horas. Por√©m, o tempo foi insuficiente para lavar todas as roupas e vasilhas acumuladas durante esse per√≠odo. No caso do servente de pedreiro Ant√īnio Nimar, a √°gua n√£o chegou com press√£o o suficiente para encher a caixa d‚Äô√°gua que fica no alto da resid√™ncia.

‚ÄúO jeito √© acordar de madrugada. Levantei tr√™s horas da manh√£. Come√ßamos a lavar roupa, mas n√£o deu para terminar, porque a √°gua veio 3h e 5h30 j√° n√£o tinha mais √°gua‚ÄĚ, disse.

Quem n√£o conseguiu ficar acordado durante a noite, acabou n√£o conseguindo armazenar √°gua para os pr√≥ximos dois dias. ‚ÄúN√£o dei conta de ficar esperando a noite inteira. Est√° tudo sujo sem √°gua e vai continuar at√© as pr√≥ximas 36 horas‚ÄĚ, disse a manicure Gersiane Cristina dos Santos.

A Companhia de Abastecimento de Catalão informou que o rodízio foi implantado em todos os bairros do município e alega que a hora que vai chegar em cada bairro foi bem divulgada na cidade. O revezamento deve continuar até o fim de novembro, quando existe a previsão de chuvas mais constantes na cidade.

Fonte: G1 Goi√°s

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Acidente

Aconteceu um capotamento na tarde desta quarta-feira (22), entre Ipameri e Catal√£o na GO – 330 por volta das 15h50min no Km 93, e deixou uma v√≠tima fatal um Policial Militar de Catal√£o.¬†Segundo as informa√ß√Ķes, o condutor do ve√≠culo perdeu o controle de dire√ß√£o saiu¬†de pista bateu em uma √°rvore e capotou.

Uma¬†equipe do ¬†SAMU de Ipameri foi acionado para prestar os primeiro socorros as v√≠timas, no ve√≠culo Cross Fox tinha 5 pessoas, dentre eles dois¬†PMs¬†de Catal√£o, de acordo com¬†informa√ß√Ķes o SGT Sim√£o n√£o resistiu aos ferimentos e veio a √≥bito no hospital da cidade de Ipameri, o CB Paulino e as demais v√≠timas foram encaminhados para o Pronto Socorro da Santa Casa de Catal√£o, e est√£o internados em observa√ß√£o m√©dica.¬†

O veiculo ficou totalmente carbonizado, não sendo possível verificar a placa. Por dentro do veículo ficou todo destruído e queimado. 

Policial que veio a óbito SGT Simão.

 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Cidade

Mesmo ap√≥s intensas negocia√ß√Ķes com a John Deere, o¬† Sindicato dos Metal√ļrgicos de Catal√£o (SIMECAT) n√£o conseguiu evitar as 150 demiss√Ķes anunciadas pela empresa, por√©m, conseguiu garantir um abono para cada pai de fam√≠lia que ficar√° desempregado. Os desligamentos representam cerca de 20% da f√°brica.

Cada trabalhador demitido receber√° R$ 3,8 mil de abono e dois meses de plano de sa√ļde, al√©m do acerto trabalhista. Dos 150 que ser√£o dispensados do setor de produ√ß√£o, 12 aderiram ao Programa de Demiss√£o Volunt√°ria (PDV) at√© o momento. Hoje, o PDV foi reaberto para os interessados em aderir ao programa. A previs√£o √© de que a lista com os nomes dos demitidos seja divulgada na quinta-feira (23).

Desde o an√ļncio das demiss√Ķes, o SIMECAT se posicionou absolutamente contra e tentou negociar outros caminhos, mas a empresa se mostrou irredut√≠vel. O presidente do SIMECAT, Carlos Albino, afirma que n√£o participou da decis√£o dos desligamentos, apenas mostrou for√ßa de vontade e empenho para tentar diminuir o impacto das demiss√Ķes. ‚Äú√Č uma situa√ß√£o muito triste para os companheiros e para o sindicato tamb√©m. Anunciar essas demiss√Ķes foi o momento mais dif√≠cil na minha trajet√≥ria como dirigente sindical‚ÄĚ, lamenta.

O Sindicato agora articula com empresários e empresas de recursos humanos do município para reencaminhar os trabalhadores para o mercado de trabalho. O problema também deve se agravar no próximo mês, pois a multinacional norte-americana já adiantou que mais 100 trabalhadores devem ser desligados, mas o SIMECAT ainda vai se reunir com a direção para discutir a situação.

Em nota divulgada, a John Deere alega que em agosto seu relat√≥rio comunicou previs√Ķes de queda de 15% nas vendas da ind√ļstria de m√°quinas agr√≠colas na Am√©rica do Sul, em rela√ß√£o aos altos √≠ndices atingidos em 2013. Al√©m disso, segundo a Uni√£o da Ind√ļstria de Cana-de-a√ß√ļcar (Unica), pelo menos 44 usinas fecharam na regi√£o Centro-Sul do pa√≠s nos √ļltimos tempos, uma demonstra√ß√£o do momento de crise pelo qual o setor canavieiro passa desde 2008.

Fonte: SIMECAT

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Política
Aconteceu na C√Ęmara Municipal de Catal√£o nesta ter√ßa-feira (21), a 36¬™ sess√£o ordin√°ria. Foi uma sess√£o que teve como principal projeto, o Decreto Legislativo n¬ļ 13/14, de autoria da mesa diretora, relacionado √†s contas do ex-prefeito de Catal√£o, Adib Elias (PMDB). As contas foram aprovadas, apesar de muito protesto da base tucana.

Logo, em primeira vota√ß√£o, houve bate-boca entre os vereadores da oposi√ß√£o e da base aliada. Estes disseram que n√£o aceitariam a vota√ß√£o favor√°vel. Indignado com a decis√£o do presidente da casa de n√£o aceitar seu pedido de vista, o vereador Jo√£o Ant√īnio (PSDB) disse que vai recorrer √† justi√ßa para a invalida√ß√£o da sess√£o.

Votaram favoravelmente √† aprova√ß√£o os vereadores:¬†Paulinho (PMN), Pedrinho (PSD), Gilmar Ant√īnio (PMDB), Vandeval Florisbelo (PMDB), Sargento An√≠sio (PMDB) e Jurandir Ant√īnio (PMDB). Abandonaram a sess√£o em atitude protesto:¬†Aur√©lio Macedo (PP), Juarez Rodovalho (DEM), Valmir Pires (PSDC), Leonardo Bueno (PSC), Paulo C√©sar (PMDB), Silvano Mec√Ęnico (PP) e Jo√£o Ant√īnio (PSDB).

Já os vereadores Donizete Negão (PSC), Daniel do Floresta (PMDB) e Regina Félix (PSDB) faltaram à sessão.

A Mesa Diretora, na pessoa do presidente Deusmar Barbosa, informou que a sess√£o seria considerada v√°lida j√° que na “contagem dos votos”, todos estavam presentes; disse ainda que que tinha em seu poder, uma ordem judicial que determinava a realiza√ß√£o da vota√ß√£o do projeto. O Procurador da C√Ęmara, Leonardo Rocha, disse que: ‚Äúo projeto foi lido e colocado em vota√ß√£o. N√£o levaremos em conta o pedido de vista do vereador Jo√£o Ant√īnio‚ÄĚ.¬†

 

 

Clik e confira: A entrevista do Presidente da C√Ęmara ap√≥s a Sess√£o de ontem (21).

 

Presidente da Cãmara Deusmar Fala após a Sessão de Ontem

 

 

 

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Sem categoria

Aconteceu um inc√™ndio em um √īnibus na tarde desta ter√ßa-feira (21) em Catal√£o, onde o fogo se iniciou no motor na parte traseira¬†e se propagou para dentro do banheiro do √īnibus.

O Corpo de Bombeiros foram acionados para controlar as chamas, logo após foi realizado o rescaldo certificando que não havia mais risco, foi realizado a ventilação do veiculo com abertura da tampa superior.

Dentro do √īnibus estava o condutor e quatro passageiros, todos¬†sa√≠ram¬†no inicio do inc√™ndio e n√£o¬†sofreram les√Ķes. Segundo o motorista ainda n√£o sabe a causa do fogo.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Cidade

Para esclarecer as d√ļvidas decorrentes √† libera√ß√£o da tabela de rod√≠zio, nossa equipe entrou em contato com Thiago Patroc√≠nio – engenheiro de manuten√ß√£o da SAE.

Porque a cidade foi dividida em dois grupos?

Para atender de forma satisfatória toda a cidade, a vazão mínima de água teria que ser de no mínimo 220 litros por segundo, hoje, só é possível captar 120 litros de água por segundo, o equivalente a 53% do que é necessário para atender à toda cidade. Por este motivo, dividimos a cidade em dois grandes grupos. Desta forma, toda a cidade será abastecida.


Os setores que n√£o aparecem nas tabelas ficaram sem √°gua?

Não. O que aconteceu foi um erro na edição que já foi concertado. Todos os setores da cidade serão abrangidos pelo rodízio.

Como este sistema ir√° funcionar?

Suponhamos que neste momento estamos no grupo 02 e são 09:51 da manhã. O grupo 02 está desde 00:01 hora de segunda feira (20), com água e irá até amanhã terça- feira as 12:00 horas tendo água. Após este horário, o sistema será fechado e começará a ganhar carga. Ao fechar o sistema deste grupo,  não significa que imediatamente o grupo 01 começará a ser abastecido. O que vai acontecer é que, ao ganhar carga o sistema tem 36 horas a partir do meio dia para atender o grupo 01.

Porque os setores foram divididos em subgrupos de cores?

Vamos usar o exemplo do sub-grupo do grupo 01 que abrange o Margon I e II, o Jd. Para√≠so, o Elias Safatle, a Vila Erondina, Bairro dos Lucas, Vila Uni√£o, Vila Mutir√£o, Parati Mon Sr. Souza e Imperial, eles s√£o atendidos pelo mesmo ramal de sistema. E cada cor √© referente a um ramal diferente. Neste intervalo de 36 horas para cada grupo, haver√° o per√≠odo de apenas 3 horas de libera√ß√£o de √°gua. √Č o que pode ser feito e n√£o temos como aumentar este per√≠odo.

Este período de 3 horas é fixo?

Não. Este período não pode ser precisamente especificado, pois há a existência de várias variáveis.

Quais seriam estas vari√°veis?

O fornecimento de energia elétrica pode ser interrompido, o volume de captação de água pode não ser atendido e parar o sistema ou as redes e os canos, podem trincar.

Se por algum acaso, um grupo ficar sem receber a água do rodízio. Quais atitudes deverão e poderão ser tomadas por parte da população e também da SAE?

Se por algum acaso, acontecer de qualquer grupo ficar prejudicado durante o rod√≠zio, estamos disponibilizando carros-pipa para atender estes setores. O cidad√£o ter√° apenas que entrar em contato conosco atrav√©s dos n√ļmeros (064) 3442-6832 /3442-7036 / 3442-7038 / 3442-7306 e informar o problema.

Thiago ainda informou que, devido ao fato de a rede de transmissão de água ficar por um longo período parada e por se tratar de ramais antigos, poderá acontecer de ter alguma sujeira encrostada derivada de consertos ou de trincaduras decorrentes do forte calor. Ocasionando com isso uma cor escura na primeira demanda de água que as águas receberem. 

Confira a tabela dos bairros corrigida.

Fonte: Portal Catal√£o

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
CATEGORIA: Política

A se√ß√£o da C√Ęmara desta ter√ßa-feira (21), em Catal√£o promete pegar fogo mais uma vez, ser√° colocado em vota√ß√£o, os balancetes relativos ao ano de 2004, per√≠odo em que Adib Elias administrou a cidade.¬† Os vereadores est√£o certos de que, tem os votos suficientes para aprovarem os referidos balancetes. Ainda hoje mais informa√ß√Ķes no Blog.

COMPARTILHE:
Compartilhar em seu TwitterEnviar via E-mail
SUBIR P√ĀGINA